POLÍTICA

Bolsonaro fala em novo "problema sério" por falta de chuvas
Presidente afirmou que País enfrentará "maior crise que temos notícia": "Mais um azar"

O presidente Jair Bolsonaro afirmou que o Brasil terá um novo "problema sério" pela frente em razão da falta de chuvas. Em conversa com apoiadores na segunda-feira, 10, o chefe do Executivo disse prever nova "dor de cabeça" com a "maior crise que temos notícia". "Estamos com um problema sério pela frente. Estamos vivendo a maior crise hidrológica da história. Eletricidade. Vai ter dor de cabeça. Um choque, né? Maior crise que temos notícia. Demos mais um azar", disse.

O presidente frisou, ainda, que as chuvas previstas até março foram abaixo da expectativa, o que fez o cenário se agravar. "Vamos tentar aí, ver como que a gente pode se comportar", disse.

Desde meados de abril especialistas vêm falando em risco de desabastecimento por conta da falta de chuvas e ameaças de que se repita. No primeiro trimestre de 2021, o volume das chuvas que caem na região que abastece o Sistema Cantareira, em São Paulo, foi o mais baixo desde o final da última crise hídrica, em 2016.

As declarações do presidente foram feitas na tradicional interação com apoiadores que o esperam retornar ao Palácio da Alvorada, no início da noite. O presidente, porém, não mencionou nenhuma ação ou estratégia para atacar o problema.

 




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



POLÍTICA  |   23/06/2021 04h30


POLÍTICA  |   20/06/2021 15h50


POLÍTICA  |   14/06/2021 14h29