SAÚDE

Instituto Butantan entrega 1,2 milhão de doses da CoronaVac ao Ministério da Saúde

Nesta sexta-feira (30), o governo do Estado de São Paulo liberou um novo lote com 1,2 milhão de doses da vacina contra a Covid-19 da CoronaVac, produzida pelo Instituto Butantan, para o Ministério da Saúde.

O novo lote também será destinado ao Programa Nacional de Vacinação (PNI), assim como o repasse das outras 61,6 milhões de doses que já foram entregues.

O Instituto Butantan afirmou que as 100 milhões de doses da CoronaVac prometidas em contrato ao Ministério da Saúde serão entregues até 30 de agosto, um mês antes do previsto.

O acordo foi firmado em dois contratos, o primeiro que previa a entrega de 46 milhões de vacinas já foi com concluído em maio, enquanto o segundo, com 54 milhões de doses, deve se encerrar em agosto.

Durante a entrega do novo lote da CoronaVac, o governador de São Paulo, João Doria, afirmou que com as novas entregas o estado está "ajudando a acelerar a vacinação de todo o Brasil", assim como foi feito com São Paulo, que adiantou até o dia 16 de agosto a vacinação de toda população adulta, com mais de 18 anos.

O diretor do Butantan, Dimas Covas, afirmou que mais 19,5 milhões de doses da CoronaVac serão entregues ao Ministério da Saúde na próxima quarta-feira (4). Covas ainda informou que está previsto a entrega de 6 mil litros de insumos vindos da China no próximo dia 5 de agosto, aumentando a capacidade de produção do instituto.




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM