GERAL

Comissão especial rejeita relatório a favor do voto impresso

Nesta edição o destaque é a comissão especial da Câmara dos Deputados rejeitou, na noite desta quinta-feira 5, um parecer em defesa da impressão do voto nas eleições. O tema se transformou na principal obsessão de Jair Bolsonaro e de sua tropa de choque no Congresso.
 
Por 23 a 11, os deputados rechaçaram o parecer do relator, Filipe Barros (PSL-PR), favorável ao voto impresso. Em substitutivo apresentado na quarta-feira 4, Barros defendeu a adoção de uma “contagem pública e manual dos votos impressos”. Bolsonaro tem justificado a adoção da medida com ataques infundados ao atual sistema eleitoral brasileiro.

Assista à edição completa desta sexta-feira (6):






COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM