MARINGÁ

Modernização do aeroporto consolida Maringá como referência logística para o País

A primeira parte da modernização do Aeroporto Regional Silvio Name Júnior, em Maringá, no Noroeste do Estado, foi concluída. O investimento do governo federal, com contrapartida municipal, foi de R$ 81,5 milhões.

Agora, o complexo aéreo passa a contar com a segunda maior pista de pousos e decolagens do Paraná, que passou de 2.100 metros para 2.380 metros. A reforma, iniciada em 2019, garantiu também a implementação de modernos instrumentos de auxílio de navegação aérea (ALS e ILS). Essa estrutura permitirá ao terminal se consolidar como importante ponto logístico nacional para o transporte de cargas.

Com a nova pista, o empreendimento pode receber aviões cargueiros de todo o mundo. Alguns modelos transportam 50 toneladas de carga.

“Esse novo aeroporto significa um salto para a infraestrutura de Maringá e do Paraná. A cidade terá condições de receber mais aviões de carga, movimentando toda a cadeia econômica. Isso vai significar mais emprego e mais renda para os paranaenses”, afirmou o governador.

Ratinho Junior destacou que a expansão é mais um passo importante na consolidação do Paraná como hub logístico da América do Sul.

“O planejamento do Governo do Estado busca reforçar todos os modais. Por isso queremos uma aviação regional forte, estradas duplicadas e seguras e trens que possam ajudar no escoamento da safra até o Porto de Paranaguá. Tudo isso já está acontecendo e vamos avançar ainda mais”, disse.




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



MARINGÁ  |   21/10/2021 18h56





MARINGÁ  |   20/10/2021 15h49