GERAL

Malafaia promete denúncia grave contra ministros do governo
Pastor está indignado com membros do governo Bolsonaro que estariam contra indicação de André Mendonça para vaga no STF

O pastor e líder religioso Silas Malafaia afirmou nesta segunda, 11, que dois ministros do governo Bolsonaro não tem mais “condição moral” de continuar nos cargos. Em publicação nas redes sociais, Malafaia, porém, afastou a possibilidade de corrupção. "Será quentíssimo", afirmou.

Segundo o líder religioso, as autoridades a serem denunciadas são “inescrupulosas” e que a divulgação será um “verdadeiro arrasa quarteirão”.

Aliado de primeira hora de Jair Bolsonaro, o pastor já havia postado um vídeo no qual acusa o ministro Ciro Nogueira, da Casa Civil, de indicar nomes de seu interesse pessoal à vaga disponível no Supremo Tribunal Federal (STF).

O pastor tem feito campanha para que o nome de André Mendonça seja pautado pelo presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), senador Davi Alcolumbre.
 

 




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM