GERAL

Avião de Marília Mendonça cai em Minas; morte da cantora é confirmada


Foto: WhatsAapp/Reprodução

O avião que levava a cantora sertaneja Marília Mendonça caiu na tarde desta sexta-feira (5/11) em Caratinga, na Região do Vale do Rio Doce. A cantora e mais quatro pessoas morreram no acidente.

O Corpo de Bombeiros recebeu a chamada por volta de 15h30, para atender a ocorrência de queda de aeronave em Piedade de Caratinga em curso d'água próximo ao acesso pela BR-474. O helicóptero Arcanjo decolou do Aeroporto da Pampulha, em Belo Horizonte, para atender a ocorrência.

A assessoria de Marília Mendonça disse que a cantora, um produtor e um assessor estavam no avião, além do piloto e copiloto.

''Há também um forte odor de combustível no local, mas não apresenta chamas nem há risco de submersão da aeronave'', informou a corporação. Bombeiros contam com o apoio do Samu. 

Mais cedo, a cantora fez um post embarcando em um avião para anunciar show em Minas Gerais. Ela tem show marcado nesta sexta-feira em Caratinga e outro neste sábado em Ouro Branco. 

A aeronave

O avião, de prefixo PT-ONJ, pertence à PEC Táxi Aéreo, sediada em Goiânia. Trata-se de um King Air C90A, com capacidade para seis passageiros. A aeronave, que é turboélice, foi fabricada em 1984 e tinha autorização para operar em regime de fretamento, segundo a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

Informação são do Estado de Minas.

 




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM