GERAL

Raro eclipse lunar parcial ocorre na sexta-feira
Evento poderá será visto no Brasil e terá cerca de 3 horas e duração. Saiba como observar este belo espetáculo no céu!

Entre a madrugada e o amanhecer de 19 de novembro de 2021, o Brasil poderá observar um dos mais belos fenômenos astronômicos: o Eclipse Lunar Parcial.

O eclipse terá início às 03 horas e 02 minutos (horário de Brasília) e seu momento máximo ocorrerá às 06 horas e 02 minutos. A figura 1 ilustra os principais horários do Eclipse Lunar Parcial de 19 de novembro de 2021.

Principais horários do eclipse lunar parcial de 19/11/21

Principais momentos do eclipse lunar parcial de 19/11/2021

Como o Brasil verá o eclipse?

A observação do momento máximo dependerá do local em que o observador estiver. A figura 2 ilustra as regiões no Brasil que poderão contemplar ou não o momento máximo do eclipse.

Figura 2: Regiões no Brasil de visualização do eclipse lunar parcial de 19/11/2021 

ocaso da Lua antes ou depois do momento máximo do eclipse lunar parcial de 19/11/21.

.Uma parte do Brasil não poderá contemplar o máximo do eclipse, pois a Lua vai se pôr antes deste momento. 

As regiões do Brasil que poderão observar o momento máximo do eclipse também verão o ocaso da Lua logo em seguida. Para os observadores que estiverem no limite desses dois casos, a contemplação do momento máximo ocorrerá no momento em que a Lua estiver se pondo.

Como observar o eclipse?

É sempre importante destacar que para observar qualquer fenômeno astronômico é necessário ter um céu sem nuvens ou com pouca nebulosidade.

Não é necessário o uso de binóculo ou telescópio. A contemplação do eclipse lunar pode ser realizada facilmente a olho nu, mesmo para quem estiver numa cidade com poluição luminosa. 

A única exigência é que o horizonte oeste/noroeste esteja livre da interferência de prédios, árvores, montanhas ou qualquer outro objeto que obstrua a visualização desse horizonte.

Passo a passo do eclipse lunar parcial de 19/11/2021

1- O eclipse penumbral 

Antes que ocorra o eclipse lunar parcial é necessário a ocorrência do eclipse lunar penumbral. Neste momento, no início do eclipse, às 03 horas e 02 minutos (horário de Brasília), a Lua estará pouco acima do horizonte noroeste. 

Atenção: procure um local onde prédios, árvores ou montanhas não obstruam a contemplação desse horizonte. 

pessoas localizadas em cidades com poluição luminosa, não irão perceber o início do eclipse lunar penumbral. 
quem estiver em cidades com baixa ou nenhuma poluição luminosa, perceberá um leve decaimento (diminuição) no brilho da Lua.

Como saber se o eclipse começou?

Uma forma interessante de saber que o eclipse lunar penumbral iniciou é quando você não visualizar a sua sombra.

Normalmente, nas noites de Lua cheia, nas cidades com baixa ou nenhuma poluição luminosa é comum observarmos a nossa sombra sendo projetada pela Lua cheia. Porém, quando inicia o eclipse lunar penumbral, a sombra não é perceptível.

2 - Eclipse parcial

No momento em que a Lua inicia a fase do eclipse lunar parcial, que será às 04 horas e 18 minutos (horário de Brasília), a Lua poderá ser observada entre o horizonte noroeste e oeste. 

Atenção: Neste momento, mais do que nunca, vale a recomendação de procurar um local que permita ver o horizonte livre de qualquer objeto que possa obstruir a visão. 

A Lua estará se aproximando cada vez mais deste horizonte e começa a ficar com o belo aspecto "cortada".

Deste momento em diante, a Lua irá caminhar para o seu ocaso possibilitando ou não a contemplação do momento máximo, antes ou depois do seu ocaso. 

Como exemplo, podemos utilizar a cidade de João Pessoa, onde a Lua vai se pôr no horizonte (ocaso) às 04 horas e 50 minutos. Como o máximo do eclipse lunar parcial, para a latitude e longitude desta cidade, irá ocorrer às 06 horas e 02 minutos, não será possível contemplar o momento máximo, pois a Lua já estará abaixo da linha do horizonte.

Mas isso não impede que os observadores localizados em João Pessoa, ou em qualquer outro lugar destacado em amarelo no mapa apresentado na figura 2, deixem de observar um belo espetáculo astronômico. Pelo contrário. O que irão observar algo como ilustrado na figura 3.

Figura 3: Ocaso da Lua, em João Pessoa, antes do momento máximo do Eclipse.

Lua com 42,6% do seu disco imersa na umbra da Terra. 

Como podemos perceber, mesmo que ocorra o ocaso da Lua antes do momento máximo, ainda assim, será um belíssimo ocaso. Afinal, não é sempre que podemos contemplar um ocaso da Lua eclipsada.

Para os observadores que estiverem localizados nas regiões não destacadas em amarelo, apresentadas pelo mapa na figura 2 (acima), a contemplação do momento máximo poderá ser realizada. 

Atenção: quanto mais distante do limite que separa esses dois grupos de observação, mais afastada da linha do horizonte estará a Lua.

Assim, por exemplo, se analisarmos a figura 4 que ilustra o momento máximo do eclipse para a cidade de Manaus, perceberemos que durante o momento máximo do eclipse lunar parcial, a Lua estará pouco acima da linha do horizonte.

Figura 4. Momento Máximo do Eclipse Lunar Parcial em Manaus e a distância da Lua,

em relação a linha do horizonte. Lua com 97,7% do seu disco imersa na umbra da Terra.

Muito mais no céu para observar

No mesmo momento do eclipse, outros fenômenos astronômicos, objetos celestes e constelações poderão ser contemplados. Será possível observar os aglomerados estelares das Plêiades e Híades; das constelações do Touro e do Órion, com as suas populares "Três Marias"; passagens de satélites artificiais e a chuva de meteoros Leonids. 

Figura 4. Constelação do Touro, Plêiades, Híades e a constelação do Órion com suas populares "Três Marias" ,

poucos minutos antes de iniciar o Eclipse Lunar Parcial de 19 de novembro de 2021.

Não tem a menor ideia para onde olhar no céu para ver estes fenômenos? Não tem problema! Não perca a live do professor Marcos Calil no dia do eclipse, que vai explicar tudo!

Transmissão ao vivo do eclipse via telescópio

Quer ver o eclipse como se estivesse olhando por um telescópio? Então não perca a live especial que o professor Marcos Calil para o eclipse lunar parcial de 19/11/2021. Além do telescópio, ele usará várias câmeras especiais. 

Serão utilizadas três câmeras, sendo uma instalada no telescópio, uma câmera aberta para entender como observar as constelações e capturar passagens de satélites artificiais. Uma terceira câmera ficará direcionada para o professor Calil que vai explicar os fenômenos astronômicos, incluindo o belo e raro fenômeno do eclipse lunar parcial durante o ocaso da Lua.

Live especial: eclipse lunar parcial

Marcos Calil faz lives de observação do céu toda terça-feira à noite pelo canal www.youtube.com.br/marcoscalil. Mas a transmissão deste eclipse parcial lunar será feita pelo canal do IPRODESC , instituição que gerencia o planetário de Santo André e o Núcleo de Observação do Céu, na qual o professor Marcos Calil é coordenador científico.

Quando? 

Dia 19 de novembro de 2021, sexta-feira, com início às 2h30 da madrugada e fim às 5h30

Onde?

Acesse o canal do IPRODESC: youtu.be/lrqyo09w4cY

Se inscreva no canal e ative a notificação para não perder nenhum fenômeno astronômico que pode ser observado no céu da sua cidade.

Professor Marcos Calil nas redes sociais



Galeria de Fotos:





COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM