ESPORTES

F1: Aston Martin confirma saída do chefe de equipe Szafnauer após 12 anos


Divulgação/ MotorSport

A Aston Martin anunciou nesta quarta-feira a saída de Otmar Szafnauer da chefia da equipe na Fórmula 1. Essa confirmação já era aguardada desde o ano passado, com o Motorsport.com trazendo informações de sua possível ida para a Alpine.

Durante a temporada, Szafnauer disse que "não tinha intenção" de sair da Aston, e que tinha um contrato de longa duração em vigor com a equipe. Mas a equipe confirmou nesta quarta a saída do romeno, que além de chefe ocupava o cargo de CEO do time.

"Otmar Szafnauer deixou a companhia e seu papel na equipe Aston Martin será gerenciado dentro do time até que um substituto seja apontado. Gostaríamos de agradecê-lo pelos serviços prestados à equipe nos últimos 12 anos, e desejamos o melhor para ele no futuro em seus novos desafios".

"Felizmente, somos liderados e gerenciados por um grupo forte de indivíduos, e estamos confortáveis em tirarmos um tempo para explorarmos as opções antes de anunciarmos uma nova estrutura. O foco da equipe no momento é de preparar o carro mais competitivo possível para a temporada 2022".

Szafnauer se juntou à equipe de Silverstone quando ainda era conhecida como Force India, em 2009. Ele teve um papel crucial ao navegar as dificuldades financeiras que a equipe enfrentou em 2018 antes da aquisição por Lawrence Stroll, chegando até a Aston Martin em 2021.

Em setembro, a Aston Martin contratou o ex-chefe da McLaren Martin Whitmarsh como o CEO do grupo no braço de tecnologias de performance. Mas Szafnauer disse que a chegada de Whitmarsh não impactava seu papel na equipe.

Mas no fim de semana do GP de São Paulo surgiu a informação de que Szafnauer poderia estar a caminho da Alpine. Durante as coletivas, ele disse que estava surpreso por ler a informação na imprensa, mas não chegou a negar as negociações com a equipe francesa.




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



ESPORTES  |   15/08/2022 12h10





ESPORTES  |   13/08/2022 10h22