DIVERSÃO

"Jogadores de FIFA querem NFT", diz CEO da EA
Para executivo, os jogos "play to earn" são parte do futuro da indústria

O CEO da Electronic Arts, Andrew Wilson, declarou que os jogadores de FIFA querem NFTs no game, durante uma apresentação para acionistas. Segundo o executivo, a EA enxerga que jogos 'play to earn' são parte do futuro da indústria.

Jogos 'play to earn' são aqueles em que o jogador é recompensado com NFTs ou outras compensações monetárias, ganhando dinheiro enquanto joga. Nos jogos do gênero, como Axie Infinity, isso geralmente vem acompanhado de um investimento inicial da parte do jogador, tanto em tempo quanto em dinheiro.

A popularidade de jogos independentes baseados na aquisição de NFTs em 2020 atraiu a atenção das grandes publishers, como Ubisoft, EA e Square Enix. No caso da EA, parece que FIFA será o primeiro jogo a adotar o sistema, ou ao menos é o que os jogadores querem, 

"Eles querem mais modalidades para jogar dentro do jogo, querem ir além do futebol 11 contra 11. Os jogadores querem mais experiências digitais fora do jogo - esports, NFTs, consumo de transmissões esportivas - e querem que nós movamos realmente rápido".

O CEO da EA também reconheceu que os jogos 'play to earn' e o uso de NFTs em jogos ainda estão em um momento bastante prematuro. "Ainda há muita conversa. E em algum nível, muita empolgação sobre isso. Eu acho que será uma parte do futuro da indústria, mas ainda é cedo para imaginar como isso vai funcionar".

Jogo mais recente da franquia de futebol, FIFA 22 ainda não utiliza NFTs e está disponível para PC, PS4, PS5, Xbox One e Xbox Series X/S.



 




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



DIVERSÃO  |   26/01/2022 05h50





DIVERSÃO  |   25/01/2022 12h15


DIVERSÃO  |   25/01/2022 05h40