SAÚDE

Alemanha dispensa quarentena a pessoas vacinadas com dose de reforço contra Covid-19 após contato com infectado


Chanceler alemão, Olaf Scholz, dá entrevista coletiva

BERLIM (Reuters) - A Alemanha vai dispensar a exigência de quarentena às pessoas que receberam uma dose de reforço da vacina contra a Covid-19 após o contato com uma pessoa infectada com o vírus, disse o chanceler alemão, Olaf Scholz, nesta sexta-feira.

Aqueles que não tomaram a dose de reforço podem sair da quarentena após sete dias sob as novas regras acordadas por Scholz e líderes regionais alemães nesta sexta-feira, disse o chanceler.

Além disso, crianças poderão retornar à escola da quarentena se testarem negativo para o coronavírus após cinco dias, acrescentou Scholz em coletiva de imprensa.

(Reportagem de Zuzanna Szymanska, Thomas Escritt e Maria Sheahan)




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM