MARINGÁ

Com mais 50 zeladores, UEM quer ambientes livres de vírus no retorno das aulas presenciais

Na segunda-feira passada, dia 10, houve retorno das aulas de graduação da Universidade Estadual de Maringá (UEM) pela modalidade Ensino Remoto Emergencial (ERE), para que os sete câmpus da universidade pudessem ser organizados para receber professores e alunos a partir desta segunda-feira, 17. Mas bem antes dessa retomada, a Prefeitura do Câmpus (PCU) trabalha para garantir a segurança da comunidade acadêmica.

Além dos 68 zeladores que já compõem o quadro de servidores públicos efetivos, a PCU fez a contratação de mais 50 temporários por meio de empresas terceirizadas. A contratação também inclui materiais usados para limpeza de salas de aula, laboratórios e demais setores da instituição. A higienização ocorre três vezes ao dia para evitar a disseminação do vírus e garantir a segurança de discentes e servidores.

Leia mais em Clicando AQUI.

 




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



MARINGÁ  |   25/05/2022 17h02





MARINGÁ  |   24/05/2022 19h24