TECNOLOGIA

Microsoft compra Activision Blizzard por quantia multibilionária

O mundo dos games acordou com uma notícia bombástica: a Microsoft anunciou a compra da 'Activision Blizzard', uma das maiores desenvolvedoras do mundo, e os valores são assustadores.

A notícia chega após um grande escândalo de má conduta sexual e discriminação na 'Activision Blizzard', a empresa por trás de grandes jogos como 'Call of Duty' e 'World of Warcraft'.
 

A informação da venda foi anunciada por múltiplos repórteres e confirmada pela Microsoft. Os valores são impressionantes: de acordo com a repórter do Bloomberg, Dina Bass, os valores se aproximam de US$ 70 bilhões de dólares. O valor exato seria a gigantesca quantia de US$ 68,7 bilhões.


A notícia foi inicialmente anunciada pelo repórter, também do Bloomberg, Jason Schreier, e confirmada por outros e pela própria Microsoft, que informa que a movimentação é para "para levar a alegria e a comunidade dos jogos a todos, em todos os dispositivos."

Satya Nadella, chairman e CEO da Microsoft comentou a movimentação na nota publicada pela Microsoft: "Jogos são a categoria mais dinâmica e empolgante do entretenimento em todas as plataformas hoje, e desempenharão um papel fundamental no desenvolvimento de plataformas metaverso. Nós estamos investindo profundamente em conteúdos de primeira classe, comunidade e nuvem para inaugurar uma nova era de jogos que coloca jogadores e criadores em primeiro lugar, e torna os jogos seguros, inclusivos e acessíveis a todos", comentou.

A princípio, Bobby Kotick continuará como CEO da Activision Blizzard, de acordo com a Microsoft, mas ainda não está claro se ele continuará na companhia após o fechamento da venda.


Após a transação ser efetivada, a Microsoft se tornará a terceira maior companhia de jogos quando o assunto é receita, atrás apenas da Tencent e da Sony.
 





COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



TECNOLOGIA  |   28/05/2022 05h45





TECNOLOGIA  |   27/05/2022 19h22


TECNOLOGIA  |   27/05/2022 17h20