MARINGÁ

Repúdio à violência no Estádio Willie Davids e apoio às investigações

A Prefeitura de Maringá lamenta profundamente o ocorrido no Estádio Regional Willie Davids na noite de quarta-feira, 26, durante o jogo entre Maringá Futebol Clube e Club Athletico Paranaense. Não são bem-vindas nos estádios e em qualquer ambiente público pessoas que se fantasiam de torcedores do esporte para, na verdade, causar confusão, brigas e, consequentemente, afastar a família e as crianças desses espaços. 

O Município informa que está acompanhando as investigações policiais relacionadas às brigas e deterioração do patrimônio público registradas no estádio. Equipes da Guarda Civil Municipal e Polícia Militar do Paraná fizeram vistorias no local na manhã desta quinta-feira, 27, para avaliar os estragos causados após a briga entre torcedores dos dois times. Investigadores também avaliam dezenas de vídeos que flagram os atos de violência para punir os possíveis culpados.

A Secretaria de Segurança de Maringá, por meio da Guarda Civil Municipal, presta apoio à segurança do Estado e privada durante eventos deste tipo. Por meio de nota, a diretoria do Maringá Futebol Clube informou: "Estavam presentes, na partida de ontem, um grande contingente de policiais militares, incluindo equipes especializadas da ROTAM e demais seguranças particulares, não armados, contratados pelo Clube."




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



MARINGÁ  |   25/05/2022 17h02





MARINGÁ  |   24/05/2022 19h24