ESPORTES

Juiz encerra jogo entre Fluminense e Botafogo antes de falta e revolta alvinegros: "Carioca tem que acabar"
Após Fred receber cartão vermelho, arbitragem acaba confronto sem permitir cobrança alvinegra e irrita jogadores, que cercam o árbitro


Foto: André Durão

A classificação do Fluminense à final do Carioca mesmo após derrota por 2 a 1 para o Botafogo, neste domingo, no Maracanã, foi marcada por grande confusão no apito final. Os jogadores alvinegros ficaram revoltados com o árbitro Paulo Renato Moreira da Silva Coelho, que encerrou a partida antes da cobrança de uma falta a favor da equipe no campo de ataque.

O juiz inicialmente assinalou cinco minutos de acréscimo. Depois do gol de Erison, aos 45, decidiu dar mais dois minutos. Aos 51, Cano balançou a rede e deu a classificação ao Tricolor. Na saída de bola do meio-campo, o Botafogo avançou ao ataque, e Hugo sofreu falta de Fred. O atacante tricolor, que já tinha amarelo, levou o vermelho. Enquanto atletas dos dois times se posicionavam na área para a cobrança da falta, o juiz encerrou o jogo.

Imediatamente os jogadores do Botafogo e o técnico Lúcio Flávio partiram para cima do árbitro, que foi escoltado por policiais. Após muito empurra-empurra, os ânimos foram contidos.

O lateral-direito Rafael, que está machucado, se revoltou em postagens no Twitter.

- Eu nunca vi na minha vida um negócio tão ridículo. O Campeonato Carioca tem que acabar, é simples. Vai tomar no c... Com todo respeito, depois disso, sai desse campeonato de m... Ano que vem são três meses treinando para o Brasileiro e Copa do Brasil e sai desse campeonato de m...

Os jogadores do Botafogo que estavam em campo também ficaram revoltados com a atitude do juiz ao encerrar a partida.

- Temos que ressaltar que a arbitragem tem grande parcela nisso (eliminação). O Fred entrou batendo, fazendo o que quis. No final, dá um bico na bola, e ele permite. Jogo grande, e ele deixa isso acontecer. Arbitragem sempre participando mais que os atletas, aí fica difícil - disse Chay.

- O juiz tem que ser coerente dos dois lados. Já não é a primeira vez que ele faz isso com a gente. Tem que ser mais coerente e profissional - acrescentou Erison, autor dos dois gols alvinegros na partida.




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



ESPORTES  |   02/07/2022 20h03





ESPORTES  |   02/07/2022 08h16