DIVERSÃO

Quanto tempo o brasileiro passa diante da TV e o que assiste
Levantamento da Kantar Ibope reforça a influência da televisão e especialmente do telejornalismo na vida das famílias

O estudo 'Inside Video 2022' da empresa Kantar Ibope revela detalhes dos hábitos dos telespectadores. A programação das emissoras de sinal aberto e dos canais pagos (TV linear) corresponde a 79% do tempo de consumo de vídeo nas casas brasileiras.

Já os serviços de streaming, como Globoplay e Netflix, ficaram com 21%. Vista como decadente por parte da população e dos estudiosos de mídia, a televisão tradicional ocupa quase 4 vezes mais espaço no cotidiano das famílias do que as plataformas de conteúdo.

Ainda que todo mundo passe boa parte da jornada diária com os olhos fixados na tela do celular, a TV ainda consome tempo valioso das pessoas. São, em média, 5h37, ou seja, cerca de 1/3 do tempo que passamos acordados ao longo de um dia.

E qual o formato de programa que o brasileiro mais vê? O jornalismo aparece em 1º lugar, com 25% do tempo dedicado à televisão. Em seguida, as novelas ocupam 18%. Na sequência, atrações com auditório (9%) e reality shows (4%).

Esse estudo confirma uma tendência que os grandes grupos de comunicação já sabem: as notícias em tempo real vão garantir o futuro da TV aberta. O brasileiro cada vez mais busca opções de entretenimento fora dos canais convencionais, mas sempre volta a eles para conferir os principais fatos do País e ao redor do planeta.





COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



DIVERSÃO  |   02/07/2022 11h05





DIVERSÃO  |   01/07/2022 23h50


DIVERSÃO  |   01/07/2022 13h20