GERAL

Copel chega a 350 mil medidores inteligentes instalados em 73 municípios

Os paranaenses estão recebendo o maior programa do País para modernização da rede elétrica. A Copel alcançou a marca de 350 mil medidores inteligentes instalados em 73 municípios das regiões Oeste, Sudoeste e Centro-Sul do Paraná. Até outubro deste ano, serão 462 mil equipamentos implantados, com investimento que soma R$ 252 milhões em atualização tecnológica, sem custo para o consumidor.

A Rede Elétrica Inteligente (REI) consiste na troca dos medidores atuais por modelos digitais que se comunicam diretamente com o Centro Integrado de Operação da Distribuição da Copel. O novo sistema emite sinais sobre o consumo de energia a cada 15 minutos, com informações adicionais sobre a qualidade da energia que está chegando até a unidade consumidora.

Em caso de interrupções, o medidor inteligente avisa automaticamente o centro de controle da Copel, permitindo que a manutenção aconteça mais rapidamente e sem que o consumidor precise avisar sobre a ocorrência do problema.

"A Copel está fazendo essa troca para modernizar o atendimento ao consumidor. Com os medidores inteligentes, é possível religar a energia muito rapidamente e também detectar falhas antes mesmo que o consumidor perceba que houve algum problema", explica o gerente de projetos especiais da Copel, Tiago Augusto Silva Santana.

Os técnicos que estão fazendo a troca dos equipamentos são terceirizados, da empreiteira Spin, e devem estar devidamente identificados. O serviço é executado no quadro de medição, sem a necessidade de entrar na residência.

A troca por medidores inteligentes não irá alterar a fatura de energia. A única diferença é que ficou mais fácil receber a conta de energia digital, por e-mail ou via aplicativo Copel. "A fatura continua sendo exatamente como era, sem nenhum valor referente à troca do medidor, então não vai ser cobrado nada, esse é um investimento da Copel", diz Santana.

Em breve, o próprio consumidor poderá acompanhar por meio de aplicativo seu consumo de energia em tempo real.

FATURA DIGITAL - A instalação dos medidores inteligentes segue a tendência de digitalização do setor elétrico e facilita a emissão da fatura digital, que chega ao consumidor direto por e-mail ou aplicativo para celular. A adesão pode ser feita pelo site www.copel.com ou pelo aplicativo da Copel, disponível gratuitamente nas lojas virtuais Google Play e App Store.

O cadastro de débito automático também pode ser feito pelos canais virtuais de atendimento. No Banco do Brasil, é preciso informar o número do convênio: 13896.

PROGRAMA - Maior programa do gênero em execução no País, o REI teve início em abril de 2021 e tem como objetivo modernizar a gestão e a distribuição de energia elétrica no Paraná. Dividido em três fases, até 2025 serão R$ 820 milhões de investimento em 151 municípios das regiões Leste (Região Metropolitana de Curitiba), Centro-Sul, Oeste e Sudoeste, beneficiando aproximadamente 4,5 milhões de paranaenses.

A rede inteligente da Copel utiliza um modelo que já existe em países como os Estados Unidos e o Japão. Além dos benefícios já expostos, ela ainda facilita a integração com programas municipais dentro do sistema de cidades inteligentes.

MEIO AMBIENTE E SEGURANÇA - Com a medição de energia executada de maneira totalmente digital, a Copel trabalha para automatizar o processo de leitura do consumo, o que reduz as emissões de carbono e os riscos de acidente com o deslocamento dos leituristas que hoje visitam mensalmente as quase 5 milhões de unidades consumidoras em todo o Paraná. O projeto-piloto do Rede Elétrica Inteligente começou em 2018, no município de Ipiranga (Campos Gerais), onde a tecnologia foi implantada em todas as unidades consumidoras.

No site da Copel é possível acompanhar o andamento do projeto.




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM