MARINGÁ

Maringá é referência nas políticas públicas em favor das mulheres


Divulgação/PMM


Na gestão Ulisses Maia, Maringá tem garantido avanços nas políticas públicas para mulheres, sendo referência estadual e nacional. Entre as ações do município estão os projetos ′Dignidade e Proteção′, que distribui absorventes para mulheres em situação de vulnerabilidade social, cursos de qualificação e a Rede de Proteção, com atuação diária no combate à violência.
"Lutamos pelo empoderamento feminino, autonomia financeira e independência das mulheres. Todos os nossos esforços estão aliados com o que se espera de uma cidade pronta para o futuro. Essas também são conquistas para serem comemoradas nos 75 anos de Maringá", destaca a secretária de Política Públicas para Mulheres, Terezinha Pereira.
Os avanços são em diversas áreas, começando pela administração municipal, onde elas representam 64% dos cargos de chefia. No esporte, a Prefeitura de Maringá sancionou a lei municipal 11.376/2021 para que as quadras dos complexos esportivos ′Meu Campinho′ sejam usadas, preferencialmente, para mulheres todas as quartas-feiras.
O ′Qualifica Mulher′, com cerca de 2 mil alunas, desde o início da primeira gestão do prefeito Ulisses Maia, capacita para o empreendedorismo e mercado de trabalho nas áreas da gastronomia, mecânica, costura e artesanato.
Outra iniciativa em favor da causa está na criação da Rede Mulher, projeto de prevenção, enfrentamento e atendimento às mulheres em situação de violência, de acordo com o decreto 1.644/2021. A rede de enfrentamento e atendimento é formada por diferentes serviços públicos, como a Patrulha Maria da Penha criada pela atual gestão, em 2017, para garantir a integralidade e humanização do atendimento às mulheres.




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



MARINGÁ  |   29/06/2022 16h54





MARINGÁ  |   29/06/2022 14h53


MARINGÁ  |   28/06/2022 16h03