REGIÃO

Proposta de R$ 129,6 milhões vence licitação para duplicar a Rodovia das Cataratas


Proposta de R$ 129,6 milhões vence licitação para duplicar a Rodovia das Cataratas Foto: Ari Dias/AEN

O Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER/PR) publicou nesta sexta-feira (10) o resultado da análise de documentos e classificação final da licitação da obra de duplicação da Rodovia das Cataratas (BR-469) em Foz do Iguaçu, na região Oeste.

O Consórcio Dalba/Bandeirantes, formado pelas empresas Dalba Engenharia e Empreendimentos Ltda. e Comércio Bandeirantes Ltda., teve seus documentos de habilitação aprovados e apresentou, em fase anterior, a proposta de preços mais vantajosa para a administração pública, no valor de R$ 129.663.982,03.

A publicação, em Diário Oficial e no portal Compras Paraná, dá início ao período de recursos das outras participantes quanto ao resultado e contrarrazões do consórcio vencedor, caso algum recurso seja apresentado. O DER/PR vai analisar todos os argumentos protocolados, para tomar a decisão final.

Estado define vencedor da licitação para duplicar rodovia em Campo Mourão

Em seguida, a licitação segue para a homologação do resultado e adjudicação da obra ao vencedor, também publicadas nos canais oficiais, devendo o consórcio apresentar, nas próximas semanas, os documentos necessários para assinatura de contrato.

OBRA - Está prevista a duplicação da BR-469 em um trecho de 8,7 quilômetros, entre o trevo Carimã (acesso para a Ponte Tancredo Neves) e o portal de entrada do Parque Nacional Iguaçu. Também serão implantadas vias marginais, passeios, ciclovia, uma nova ponte sobre o Rio Tamanduá, passa-faunas, iluminação com LED e quatro viadutos, no km 2+260, no km 3+970, no km 7+600 e no acesso ao Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu.

O prazo de execução da obra é de 18 meses, período durante o qual também será executada a restauração do pavimento existente da BR-469 e sua manutenção.

Novo viaduto e duplicação da PR-323 trazem mais segurança ao distrito de Água Boa, em Paiçandu

PARCERIA - A obra é resultado de convênio entre o Governo do Paraná, governo federal e a Itaipu Binacional, sendo a última responsável pelos recursos.

A parceria conta ainda as obras da nova Ponte da Integração Brasil - Paraguai e sua rodovia de acesso em Foz do Iguaçu; em Cascavel, a duplicação da BR-277 e do Contorno Oeste; a pavimentação da Estrada da Boiadeira, entre Umuarama e Icaraíma; a pavimentação entre Ramilândia e Santa Helena; a restauração da Ponte Ayrton Senna entre Paraná e Mato Grosso do Sul; a nova iluminação viária na BR-277 em Foz do Iguaçu, Santa Terezinha de Itaipu e São Miguel do Iguaçu; e, futuramente, a implantação de um contorno em Guaíra, e o Estudo de Viabilidade Técnica, Econômica e Ambiental (EVTEA) de nova ponte ligando Paraná e Mato Grosso do Sul, em Porto São José, distrito de São Pedro do Paraná.




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



REGIÃO  |   02/07/2022 20h23





REGIÃO  |   02/07/2022 18h22