GERAL

Idosos com mais de 70 anos precisam fazer a biometria mesmo sem obrigação de votar
Até o final deste ano 1.686 municípios de 16 dezesseis estados brasileiros deverão cadastrar suas impressões digitais - sendo que a meta é chegar a 35 milhões
Geral02/12/2019 12h45 Por: Redação O Jiló Fonte: JOVEM PAN






Quem tem mais de 70 anos e pretende continuar votando, mesmo sem ser mais obrigatório, deve ficar atento aos prazos da Justiça Eleitoral no que diz respeito à biometria.

Uma vez que a necessidade do recadastramento também vale para os idosos, quem não participar do procedimento de revisão pode ter o título cancelado. Em todo o país, mais de 109 milhões de eleitores de 26 estados, do Distrito Federal – além de residentes no exterior – já fizeram o recadastramento biométrico.

Isso representa 74% dos 147 milhões de eleitores. Segundo a Justiça Eleitoral, a biometria permite identificar o eleitor, de modo seguro e eficaz, por meio das impressões digitais, fotografia e da assinatura.

A biometria começou a ser implantada em 2008 e, desde então, o processo tem evoluído ano a ano e cumprido bem a sua função, segundo o assessor da secretaria de tecnologia da informação, Elmano Amâncio.

“Primeiro aspecto é impedir que o eleitor tenha mais de um titulo e possa exercer o direito de voto duas vezes. E, também, garantir que quem está votando é realmente o eleitor e não uma outra pessoa.”

Até o final deste ano 1.686 municípios de 16 dezesseis estados brasileiros deverão cadastrar suas impressões digitais – sendo que a meta é chegar a 35 milhões de eleitores.

Para as eleições municipais de 2020, a Justiça Eleitoral espera ter cadastrado biometricamente 117 milhões de eleitores. Se o cronograma for mantido, a coleta de impressões digitais em todo o país deverá estar concluída até o final de 2022.

*Com informações da repórter Luciana Verdolin





COMENTÁRIOS




VEJA TAMBÉM