REGIÃO

Ponte da Integração Brasil-Paraguai chega a 86% de execução; faltam 76 metros


Foto: DER

A obra da nova Ponte da Integração Brasil-Paraguai, entre Foz do Iguaçu, na região Oeste do Estado, e Presidente Franco, atingiu 86% de execução em junho - o investimento até o momento é de R$ 205 milhões. A nova ligação entre os países é resultado da parceria entre Governo do Paraná, governo federal e a Itaipu Binacional, com a hidrelétrica responsável pelos recursos empregados. O Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER/PR) executa a obra, em ambas as margens.

No lado brasileiro estão em pré-montagem as aduelas 6.17, 6.18 e a aduela de fechamento, que fará a união do vão central da ponte. No tabuleiro foram posicionadas e concretadas as lajes sobre a aduela 6.15 e lançada a aduela 6.16, além de ser realizado o tensionamento do 15º par de estais em direção ao Rio Paraná.

Rodovia de Doutor Ulysses recebe serviços de conservação; investimento é de R$ 2,9 milhões

As aduelas são estruturas que compõem parte do tabuleiro da ponte (pista de rolamento), onde são concretadas lajes pré-moldadas.

No lado paraguaio acontece a colocação das lajes e concretagem sobre a aduela 5.13, lançamento da aduela 5.14 no vão central da ponte, e tensionamento do 13º par de estais na direção do rio. No canteiro da obra estão em pré-montagem as aduelas 5.15 e 5.16.

Em ambos os lados estão em construção os guarda-rodas e bases do guarda-corpo na lateral da obra. Faltam 76,80 metros para unir os dois lados do tabuleiro da ponte.

Nova etapa de licitação de obra rodoviária em União da Vitória tem data marcada

EXTENSÃO - A ponte terá 760 metros de comprimento e um vão-livre de 470 metros - o maior da América Latina. Serão duas pistas simples com 3,6 metros de largura, acostamento de três metros e calçada de 1,7 metro nas laterais.

O andamento da Ponte da Integração é detalhado mensalmente em informativo digital, disponível no portal do DER/PR e também enviado por e-mail para quem se inscrever nesta página. O informativo traz também as atividades desempenhadas pela gestão ambiental da obra.

ACESSO - Nas obras da futura rodovia de acesso à ponte, o viaduto que leva a Porto Iguaçu chegou a 28,36% de conclusão, enquanto o viaduto no acesso à Ponte Tancredo Neves está 94,7% pronto. No terceiro viaduto em andamento, no entroncamento com a BR-469, foi concluída a mesoestrutura e iniciada a execução da superestrutura. O trânsito neste ponto passa por desvios, para permitir a continuidade da obra.

Proposta de R$ 129,6 milhões vence licitação para duplicar a Rodovia das Cataratas

Continua em execução a terraplenagem nos terrenos das novas aduanas e nos acessos dos viadutos da Tancredo Neves e da BR-469. Até o momento foram investidos R$ 12,7 milhões na obra, que está 12,21% concluída.




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM