TECNOLOGIA

Nothing Phone 1: celular transparente é lançado hardware atraente


Nothing/Divulgação

Em apresentação online nesta terça-feira (12), foi anunciado oficialmente o Nothing Phone 1. O novo celular da empresa de Carl Pei, cofundador da OnePlus e CEO da Nothing, promete inovar e tornar a tecnologia "divertida" mais uma vez. Com visual transparente na traseira, o celular tem preço inicial de 399 libras (cerca de R$ 2,5 mil em conversão direta).

Durante a apresentação, Carl Pei disse que a empresa resolveu "vazar" imagens do próprio smartphone porque, "hoje em dia, é muito difícil guardar segredos" do tipo. O Nothing Phone 1 possui LEDs na traseira que podem ser ativados durante gravações de vídeo ou fotografias, em conjunto com as notificações e outros ajustes do sistema, como na hora do carregamento ou mesmo com sons de toque, alarme e afins.

Apresentação do Nothing Phone 1 acontece um mês depois da marca revelar imagens oficiais do celular.

O celular também é o segundo produto anunciado da companhia: o primeiro foram os fones de ouvido Ear (1), que teve apresentação em julho de 2021. O Nothing Phone 1, por sua vez, terá lançamento oficial em 16 e 18 de julho, com vendas abertas no dia 21 do mesmo mês.

Especificações interessantes

Ainda que se trate de um celular intermediário avançado, o Nothing Phone (1) traz uma série de boas características. Estes são os principais destaques na ficha técnica do celular:

Tela: OLED de 6,55" Full HD+ (2400 x 1080p), 120 Hz (240 Hz de amostragem de toque), HDR10+ e profundidade de cor de 10 bits; brilho máximo de 1.200 nits

Processador: Qualcomm Snapdragon 778G+ (GPU Adreno 642L)

RAM: 8 GB ou 12 GB (LPDDR5)

Armazenamento: 128 GB ou 256 GB (UFS 3.1)

Bateria: 4.500 mAh com carregamento rápido de 33W

Nothing Phone 1 traz especificações intermediárias com características avançadas.

O celular, entre outras características, traz ainda carregamento por indução de 15W e suporta carregamento reverso com 5W. Ele também conta com um leitor de impressões digitais na própria tela e desbloqueio facial apoiado por software.

Há, ainda, suporte à tecnologias como 5G, Wi-Fi 6, Bluetooth 5.0, Dual SIM e NFC. O Nothing Phone 1 ainda tem saídas estéreo de som e três microfones que prometem alta qualidade. Ele conta com entrada USB-C e chega ao mercado com Android 12, utilizando o Nothing OS como interface proprietária.

A fabricante ainda prometeu três anos de atualizações do Android e quatro anos de atualizações de segurança (a cada dois meses). Um detalhe do software do aparelho é que a marca permite que o usuário utilize NFTs em exibição na própria tela inicial.

O destaque é o visual

Durante o anúncio, Pei disse que o Nothing Phone 1 utiliza um painel OLED flexível, ainda que mantenha a estrutura "reta". Ele disse que a decisão foi para deixar a frontal do celular mais uniforme considerando todas as bordas, que são finas.

O dispositivo utiliza alumínio 100% reciclado em sua construção, e outras regiões utilizam o bioplástico também reciclado - totalizando mais de 50% de uso do material na construção. Segundo a empresa, essa é uma forma de mostrar que a Nothing está comprometida com o meio ambiente.

O Nothing Phone 1 possui também certificação contra água IP53.

O Nothing Phone 1 utiliza o Corning Gorilla Glass nos dois lados e, na traseira, traz o que a marca chama de Glyph Interface. Disponível nas cores branca e preta, ele tem esse visual transparente que deixa mais evidente o uso e a localização dos LEDs. Na parte traseira, há apenas um leve recorte no canto superior esquerdo para as duas câmeras.

Essas faixas de LED ficam ao redor das câmeras e no canto direito; em um circulo no meio da traseira; e também próximo da entrada de carregamento. Ele ainda conta com duas câmeras de 50 MP (cada), sendo um sensor principal com estabilização (OIS e EIS) e outro de ângulo aberto (114°, EIS). Já a câmera frontal tem 16 MP.

Os preços para as outras versões do Nothing Phone 1 são estes:

8 GB + 128 GB: 399 libras (R$ 2,5 mil)

8 GB + 256 GB: 449 libras (R$ 2,9 mil)

12 GB + 256 GB (terá lançamento posteriormente): 499 libras (R$ 3,2 mil)




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



TECNOLOGIA  |   16/08/2022 19h18





TECNOLOGIA  |   16/08/2022 15h17


TECNOLOGIA  |   16/08/2022 07h11