DIVERSÃO

Funko Pop: qual é a origem dos famosos colecionáveis?


Amazon

A indústria do entretenimento tem inúmeras ramificações, seja no campo do audiovisual, por meio de séries e filmes, seja na participação direta com interações, o que inclui os jogos digitais. Nesse sentido, ter colecionáveis espalhados pela casa demonstra que você é um fã assíduo e que quer ter um pedacinho daquele produto no seu cotidiano.

Os bonequinhos revelam até mesmo o visual dos personagens antes de lançar o filme. Genial, né? Esses colecionáveis podem ser camisetas, mochilas, chaveiros, acessórios específicos e também bonecos de ação, cujos formatos variam de acordo com os personagens.

Dentro desse contexto, surgiram os Funkos, bonecos colecionáveis com uma aparência característica: as cabeças dos personagens são, geralmente, maiores que os corpos e os olhos, ocupando boa parte do corpo.

(Amazon/Reprodução)
Fonte: Amazon

Mas como esses famosos colecionáveis surgiram? Abaixo, você fica sabendo de tudo. Confira mais detalhes!

Como surgiram os Funkos?

O mercado de colecionáveis atrai pessoas do mundo inteiro, que estão sempre engajadas em conseguir todos os itens lançados por uma determinada marca. Esses entusiastas não se preocupam com o dinheiro que vão gastar para conquistar seus objetivos e cuidam desses objetos de forma exímia, com muito apreço e significado.

Com os Funkos, a história não é diferente, inclusive, seu criador também pode ser considerado um entusiasta dos colecionáveis. Mike Becker fundou a empresa Funko em 1998, focando no desenvolvimento de uma linha de bonecos chamada Wacky Wobblers.

(Funko BR/Reprodução)
Fonte: Funko BR

Em sua concepção, a companhia desejava focar na nostalgia dos consumidores, criando itens que pudessem chamar a atenção, inicialmente, por esse motivo. Aos poucos, outras linhas foram sendo criadas dentro da empresa, sobretudo porque diversos estúdios passaram a investir em produtos licenciados por meio dela.

Só para citar algumas, havia a Marvel, DC Comics, Nickelodeon, DreamWorks, Fox, Lucasfilm, Ubisoft, Cartoon Network, Paramount Pictures, Sony Pictures, Sega, Capcom e até a Netflix. Tudo isso ocorreu depois do ano de 2005, quando a Funko foi adquirida por Brian Mariotti.

A partir desse ponto, foi criada a linha "Pop! Vinyl", que se consagrou como a mais popular da Funko. É justamente esse lançamento que apresenta os bonecos com o rosto maior que o corpo e, geralmente, em formato padrão que conhecemos hoje.

Qual foi o primeiro Funko Pop lançado?

Para matar a curiosidade com relação ao primeiro Funko Pop, é preciso viajar no tempo e lembrar-se de Mike Becker, o fundador da empresa. O primeiro boneco oficial lançado pela companhia foi o Big Boy, como publicidade para uma rede de restaurantes.

Conforme as vendas iam crescendo, outros itens foram desenvolvidos para atender à alta demanda, mas ele não tinha muita similaridade com o que conhecemos hoje da linha mais famosa da Funko.

Entre o final dos anos 1990 até o final dos anos 2000, muitos colecionáveis foram produzidos, incluindo as coleções "Funkovision", focada em desenhos animados antigos, e "Fantastik Plastik", com personagens monstruosos.

(Funko/Reprodução)
Fonte: Funko

Os anos foram passando e, em 2010, com a criação da "Pop! Vinyl", os primeiros colecionáveis da linha chegaram à Comic-Con de Nova York. Os personagens Batman e Lanterna Verde, além do Coringa e da Batgirl, foram representados de uma forma mais suave, chamando a atenção pela intensa fofura.

A partir desse momento, outros estúdios passaram a querer licenciar seus personagens para esse tipo de produção, pois aquilo estava, certamente, atraindo o público de diferentes formas. Ninguém queria ficar de fora!

Quantos Funkos Pop existem no mundo?

Estima-se que, atualmente, tenham sido desenvolvidos mais de 8 mil bonecos Funko para a linha Pop! Vinyl. Assim, é possível encontrar colecionáveis de todos os tipos, incluindo produções famosas como Harry Potter e Stranger Things, passando por Avatar, Dragon Ball e Pokémon, chegando até mesmo a Chaves e Chapolin.

Desde 2010, muitos bonecos foram lançados, e alguns são considerados raros nos hoje, como o Batman Metálico, da linha "Pop! Heroes"; o Shadow Trooper e o Darth Maul, de Star Wars; o Ned Stark sem cabeça, de Game of Thrones; além dos Funkos de Alex DeLarge, personagem do filme Laranja Mecânica (1971) e o boneco do cantor Elvis Presley.

Os preços dos Funkos Pop variam bastante, podendo custar mais barato, caso sejam de franquias mais famosas e buscadas pelos consumidores, ou muito caros, se forem mais exclusivos. A média dos preços pode variar entre R$ 99 e R$ 200 - ou mais dependendo da loja.

Nos últimos tempos, alguns sites pela internet vêm alertando os colecionadores com relação à venda de produtos falsificados. Entre as boas práticas para evitar esse tipo de situação, recomenda-se que os números dos produtos sejam verificados na parte traseira da caixa do boneco e também na base dos colecionáveis. É preciso prestar muita atenção nos detalhes para não correr riscos.




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



DIVERSÃO  |   08/08/2022 12h30





DIVERSÃO  |   08/08/2022 04h05