GERAL

Adolescente é morta na frente da mãe e da irmã durante assalto em Salvador
Segundo a polícia, vítima sofreu disparos de arma de fogo efetuados por uma mulher, que estava com uma comparsa; uma das suspeitas foi presa


Foto: Reprodução/TV Bahia

O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) investiga a morte de Cristal Rodrigues Pacheco, de 15 anos, ocorrida na manhã desta terça-feira, 2, no Campo Grande, em Salvador (BA), durante uma tentativa de assalto. A vítima estava junto com a mãe e a irmã, quando as três foram abordadas por duas mulheres, e uma delas disparou contra a adolescente. Uma das suspeitas já foi presa.

Segundo a Polícia Civil informou ao Terra, a adolescente estava indo para a escola, quando foi vítima de disparos de arma de fogo efetuados por uma mulher, que estava com uma comparsa que também participou do crime.

Imagens de câmeras de monitoramento divulgadas pelo jornal local 'iBahia' mostram o momento em que a família foi abordada pelas criminosas (veja abaixo). As guias para remoção e perícia foram expedidas e imagens de câmeras de segurança da região foram recolhidas para ajudar nas investigações. O corpo da vítima foi sepultado no final da tarde, no Cemitério Campo Santo, na capital baiana.

Prisão de uma das suspeitas

Policiais civis prenderam, na tarde desta, uma das suspeitas de envolvimento no latrocínio. A captura ocorreu menos de 12 horas após o crime, que tem a apuração coordenada pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

A autora foi localizada por investigadores do Departamento de Polícia Metropolitana (Depom), em um beco, dentro de uma construção abandonada em uma invasão, em Alto de Coutos, no Subúrbio Ferroviário. As diligências vinham sendo realizadas ininterruptamente por equipes do DHPP, do Depom, do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco) e do Departamento de Crimes Contra o Patrimônio (DCCP).

A Polícia Civil continua em busca da segunda envolvida no crime, que, assim como sua comparsa, foi identificada e qualificada ainda durante a manhã. A autora presa será conduzida ao DHPP, onde será ouvida e, posteriormente, autuada em flagrante.

Colégio lamentou morte

Após o ocorrido, o Colégio Nossa Senhora das Mercês, onde a vítima estudava, publicou uma nota de pesar sobre a morte da adolescente.





COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM