GERAL

Crise no esporte: jogador do Denk Maringá Vôlei vende carro para pagar dívidas
Outros destaque na política, combate contra a dengue, pedágios.

Destaque é a crise no esporte maringaense, no futebol o Presidente João Regini e o diretor Paulo Regini deixaram o comando do Maringá Futebol Clube, e no vôlei o jogador Daniel Rossi vendeu seu carro para saldar dívidas.

Outro destaque é na política, em Maringá ainda está indefinido se Padre Leio será ou não candidato, além de mudanças e nomes conhecidos deixando a política maringaense. E no estado a articulação está todo vapor.
 
Confira todos os destaques
 
  • Pedágios caros:
 
Ouvinte Josué Endo comenta sobre os autos valores dos pedágios paranaense, entre eles controlada pela ECONORTE que voltou a aumentar os valores, e é investigada na Lava-Jato por desvio e superfaturamento.
 
  • Bota fora contra a Dengue:
 
Em Maringá será realizado neste sábado (08), os trabalhos por parte da Prefeitura de Maringá contra o mosquito da dengue. O repórter Roberto Lima detalha como será feito o combate contra o mosquito transmissor da dengue.
 
  • Radar à paisana:
 
O colunista Emerson Celestino comenta sobre novidades em relação a prioridade de novos conselhos tutelares em Maringá, além disso fala sobre um carro descaracterizado da Setram com a agentes que estavam na Avenida Laguna.
 
  • Política em destaque:
 
Um pacotão de assuntos relacionados com política maringaense e do estado. Começando pelo Paraná, o chefe da casa civil Guto Silva, está com a missão de costurar alianças políticas por todo o Paraná pensando nas eleições municipais.
 
Em Maringá, o Padre Leo um dos fortes candidatos para concorrer a prefeitura pelo PT, ainda não sabe ao certo se irá ou não ser pré-candidato pelo Partido dos Trabalhadores. Dois nomes conhecidos da população vão deixar a política, Wilson Quinteiro e Professor Jorge Vila Lobos.
 
  • Esporte maringaense em crise:
​​
O vôlei e o futebol de Maringá está em crise algum tempo. O libero Daniel Rossi vendeu seu carro abaixo da tabela FIPE para pagar algumas dividas, já que a equipe Denk Maringá Vôlei está com salários atrasados.
 
No Futebol deixaram o comando da Maringá Futebol Clube, o presidente João Regini e o Diretor Paulo Regini. O time de futebol maringaense disputará a segunda divisão do Campeonato Paranaense pela busca do acesso na elite do futebol do estado.
 
Confira à edição completa:
 





COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM