GERAL

O povo confia mais em Bonner ou Bolsonaro? Pesquisa responde
Levantamento indica relevante percentual de pessoas que suspeitam de ambos



Soa o gongo de novo round na luta entre pesos-pesados da mídia. De um lado, o homem mais poderoso da política, presidente Jair Bolsonaro. No outro, o mais influente âncora de TV do País, William Bonner. Na plateia, 210 milhões de brasileiros polarizados a discutir: qual dos dois é mais confiável?

O Instituto Paraná Pesquisas ouviu 2.390 pessoas para definir a resposta. Deu Bolsonaro. O chefe do Executivo tem a confiança de 37,9% de quem foi consultado. O apresentador e editor-chefe do Jornal Nacional ficou com 32,6%. Surpreendeu o percentual daqueles que não confiam em nenhum deles: 25,1%. Os outros 4,4% não souberam responder.

A pesquisa encomendada pelo portal Diário do Poder acirra a rivalidade entre o presidente e o jornalista da Globo. Ambos já tiveram confronto olho no olho durante a campanha eleitoral de 2018. Depois de assumir a Presidência, Bolsonaro atacou Bonner algumas vezes e propôs um duelo de perguntas e respostas na bancada do JN. Não foi atendido.

Na cobertura das polêmicas do governo e da pandemia de covid-19, o âncora não poupa críticas e expressões de reprovação ao presidente. Apesar da desvantagem nessa avaliação de confiabilidade, William Bonner não tem do que reclamar sobre a fidelidade do público. O Jornal Nacional está em ótima fase de audiência, com médias diárias acima de 30 pontos.

Essa guerra no ringue midiático ainda está longe do fim.





COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM