POLÍTICA

Do Carmo diz ter sido vítima de racismo por parte de Homero Marchese durante sessão da ALEP



Em vídeo (veja abaixo), o deputado estadual Do Carmo (PSL) disse acreditar que foi vítima de racismo por parte do também deputado estadual Homero Figueiredo Lima e Marchese.

Ontem (24), Do Carmo foi ofendido pelo colega maringaense, do Pros, e anunciou que além de representar contra Marchese em todas as instâncias, cíveis e criminais.

Do Carmo é um dos dois negros eleitos em 2018 para a Assembleia Legislativa (o outro é Paulo Roberto Galo) e um dos cinco do sul do país. O ataque de Marchese aconteceu quando acontecia a segunda discussão sobre projeto de Evandro Araújo que visa a proteger as pessoas idosas em relação a uma das práticas comerciais que mais geram reclamações nos órgãos de defesa do consumidor – o empréstimo consignado por telefone a aposentados e pensionistas. Homero foi o único a ter votado contra a proposta, na primeira discussão. 

Confira o vídeo:
 




 

Em vídeo abaixo mostra como se chegou à representação do deputado estadual Do Carmo contra o deputado Homero Figueiredo Lima e Marchese, a quem acusa de racismo. Foi na sessão de ontem da Assembleia Legislativa do Paraná. Também o deputado Márcio Pacheco criticou o parlamentar do Pros, referindo-se à sua “desonestidade intelectual” e prepotência. Ao final, Marchese faz imputação de crimes a Do Carmo, que reage. Confira:
 





COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM