GERAL

Greca nega colapso no sistema de saúde de Curitiba e anuncia novo hospital



O prefeito de Curitiba, Rafael Greca (DEM), negou hoje que o sistema de saúde de Curitiba esteja em colapso por causa do aumento do número de pessoas contaminadas com o coronavírus, e anunciou a abertura de um novo hospital de campanha na Capital. Greca também anunciou que a cidade deve receber em breve 100 novos respiradores enviados pelo governo federal.

Não vamos minimizar os cuidados. Não vamos apavorar, maximizar os medos. Mas vamos por no coração e na cabeça: não existe colapso do sistema de saúde de Curitiba”, afirmou o prefeito.  “Com 100 novos respiradores que nos mandou o Ministério da Saúde a cidade vai abrir mais um hospital de alvenaria, bem instalado. Porque o povo não merece tenda enquanto não for absolutamente necessário um hospital de campanha”, disse Greca. “São mais 110 leitos. 50 de UTI e 60 clínicos no antigo Instituto de Medicina do Paraná”, explicou ele.

O prefeito repetiu três vezes a negativa sobre um suposto colapso no sistema, mas voltou a pedir que a população mantenha o isolamento social. “Não existe colapso de saúde no Paraná, mas também não pode existir relaxo da população para não empurrarmos essa cidade para aquilo que eu não quero que é a bandeira vermelha”, apelou.




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM