DIVERSÃO

Marinheiro recupera iPhone submerso e ainda funciona
Celular liga após seis dias de busca sob 15 metros de profundidade



O marinheiro inglês Ben Schofield, 35 anos, deixou recentemente seu iPhone X cair no mar. Após seis dias buscando o aparelho, que no Brasil custa a partir de R$ 4.600, aproximadamente, ele o encontrou submerso, a 15 metros – e totalmente operacional.

O fato ocorreu na cidade de Scarborough, litoral do Mar do Norte no Condado de North Yorkshire. Schofield compartilhou em sua conta no Instagram imagens do smartphone, que estava coberto de lama. O marinheiro trabalhava em um navio-museu quando deixou seu aparelho cair na água. Após esperar quase uma semana, ele resgatou o dispositivo, limpou todos os resíduos e o colocou para secar. Ao mostrar para seu chefe, sentiu o celular vibrar na sua mão – e ainda tinha carga.

"Tinha apenas 3% de bateria, eu liguei-o e comecei a carregá-lo. Tudo funcionava. Contatei a Apple e eles não podiam acreditar. Acharam que a areia possa ter preenchido as entradas e isso preservou o equipamento", explicou Ben Schofield.
O iPhone X possui certificação IP67, mas a Apple garante o funcionamento por até 30 minutos a no máximo 1 metro de profundidade.


 




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM






DIVERSÃO  |  04/08/2020 - 13h


DIVERSÃO  |  04/08/2020 - 06h