DIVERSÃO

Xiaomi anuncia novos dispositivos para o Brasil
Mi Band 5, Mi Stick TV, entre outros, foram lançados em evento



A Xiaomi acaba de ampliar a variedade de produtos disponíveis oficialmente no Brasil. Em evento virtual comandado por William Marchiori, do canal Loop Infinito, a chinesa anunciou uma série de dispositivos para ampliar a conectividade do público brasileiro.

A principal novidade ficou por conta da Mi Band 5, agora batizada de Mi Smart Band 5. A pulseira inteligente possui um visor AMOLED de 1,1 polegada, bordas 20% mais suaves que o modelo anterior e diversos aprimoramentos, como controle do ciclo menstrual, medidor de stress e resistência à água de 5 metros. Com mais de 65 watchfaces para personalização, o vestível tem preço sugerido de R$ 459 à vista ou R$ 499 a prazo e já se encontra à venda na loja oficial.

O evento ainda teve o lançamento de outra pulseira, a Mi Band 4C, uma versão que o head da operação da marca no Brasil, Luciano Barbosa, garantiu ser "diferente" e não uma "variante". Ela chega custando R$ 275,08 à vista ou R$ 299 a prazo. Os fones Mi True Wireless Earbuds 2, com bateria de até 20h de duração, custam R$ 399.

Outro recurso bastante aguardado é o Mi Stick TV, que aporta para fazer frente ao Amazon Fire TV e possibilita que TVs tenham o sistema operacional Android. O equipamento possui resolução Full HD e ainda traz embutido o Chromecast.

Além disso, o Mi Stick TV possui uma tecla para o Google Assistente, permitindo utilizar o comando de voz para acionar outros recursos da fabricante chinesa, como lâmpadas inteligentes. Ele acompanha um controle remoto, com atalhos para a Netflix e para o Prime Video, da Amazon. Com disponibilidade imediata, o valor anunciado é de R$ 499 à vista ou R$ 549 a prazo.

Enquanto a Internet das Coisas avança no Brasil, a Xiaomi também lançou o Mi Router 4A Giga Version e o Mi Smart Sensor Set 2. O roteador tem quatro antenas e três portas Gigabit Ethernet integradas. O segundo tem suporte às conexões sem fio ZiGbee, Wi-Fi, Bluetooth e Bluetooth Mesh, podendo integrar diversos dispositivos inteligentes. Custam R$ 399 e R$ 999, respectivamente.

Os smartphones também não ficaram de fora. Foi anunciado o Redmi 9, que apesar de básico, tem bateria de 5.020 mAh e quatro câmeras na traseira. Anunciado a R$ 1.899, ele faz frente ao Samsung Galaxy A21S, que chegou recentemente por R$ 1.999.



 




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM






DIVERSÃO  |  04/08/2020 - 13h


DIVERSÃO  |  04/08/2020 - 06h