DIVERSÃO

MTV 39: O envelhecimento de uma emissora jovem
Geração MTV se aproxima da meia idade em um mundo dominado pelas redes sociais



Houve um tempo em que, antes do Youtube, das redes sociais e da popularização do conteúdo por demanda, a única maneira de assistir o videoclipe de seu artista favorito era esperar por horas a fio em frente à televisão. Entre vinhetas bizarras e chamadas de VJs, era na MTV que você poderia conferir o último lançamento de seu artista favorito.

Por décadas, a MTV cumpriu o papel de curadoria e revelação da indústria musical. De Billy Idol à Nirvana, passando por Madonna, Pearl Jam, Charlie Brown Jr., Raimundos, premiações musicais e programas irreverentes. Mais do que um canal de música, a MTV condensava em sua essência a voz da juventude de uma geração. 

9 anos depois da estreia do canal nos Estados Unidos, a MTV Brasil dava o ar das graças. Quebrando paradigmas de uma sociedade conservadora, o canal teve a pachorra de discutir abertamente questões que afligiam os jovens. O tabu da sexualidade, o uso correto da camisinha, o uso polêmico de palavrões ao vivo. Programas anárquicos, apresentadores jovens que dialogavam com seu público-alvo. A maior premiação da música brasileira, o VMB, que permitia encontros inusitados como David Byrne e Caetano Veloso. 

A MTV Brasil como conhecemos morreu jovem. Aos 23 anos de idade, depois de um período respirando por aparelhos. A concessão do canal, que pertencia ao grupo Abril, foi devolvida à Viacom, detentora do canal nos Estados Unidos. Já há alguns anos, porém, a MTV havia mudado seu foco musical para programas de entretenimento, que revelaram talentos como Marcelo Adnet e Dani Calabresa. Afinal, com o advento do Youtube, qualquer um pode assistir ao acervo quase interminável de shows, clipes e discos. 

A matriz americana da MTV completa 39 anos em Agosto, aproximando-se da crise dos 40. De music television, porém, sobra só o TV. A crise de meia-idade da geração MTV veio antes, no fim dos anos 2000. Hoje, tanto aqui quanto lá fora, sua programação é quase que exclusivamente formada por entretenimento e reality shows como “De Férias Com o Ex” e “Jersey Shore”. A voz dos jovens da geração Z migrou para o Youtube e Instagram. Os VJs viraram digital influencers e youtubers. 

Se sobreviver aos 40 em 2021, a MTV mostra que a idade chega para todos. O legado de sua influência e o grito das gerações que outrora representou ficam apenas na memória dos jovens daquela época, que hoje estão na meia idade. 

O acervo da MTV Brasil, parte definidora dos últimos 20 e tantos anos da música brasileira, não está disponível para o público. Talvez esteja armazenado em diversas fitas VHS em algum galpão por aí, como é comum com a memória cultural brasileira. Em outubro, completam-se 30 anos de sua fundação. Parabéns, tia MTV. 





COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



DIVERSÃO  |   18/01/2021 12h30





DIVERSÃO  |   18/01/2021 12h30