TECNOLOGIA

iPhone 12 deve ser mais caro mesmo sem fone e carregador, indica relatório



A atualização da linha iPhone para 2020 deve trazer algumas novidades, como a integração do 5G, um novo tamanho e talvez a exclusão de alguns acessórios da caixa. O lançamento porém, é cercado por mistério com relação ao preço, com previsões de aumento devido ao custo do modem de nova geração. Segundo relatório divulgado pela consultoria TrendForce, o iPhone 12 pode chegar às lojas com preço base não muito superior da geração anterior.

Um relatório da empresa divulgado nesta semana identifica que o custo dos componentes (BoM, na sigla em inglês) aumentou consideravelmente devido à inclusão do 5G. A consultoria acredita, porém, que a Apple removerá fones e o carregador da embalagem para manter o preço no mesmo patamar do iPhone 11.

O modelo básico da linha — chamado até agora de iPhone 12 — deverá custar entre US$ 700 e US$ 750, segundo o relatório. O valor base estimado é o mesmo sugerido pela Apple durante o lançamento do iPhone 11, em 2019. Já os modelos Pro devem ter aumentos de preço entre US$ 50 e US$ 100 dólares em comparação com as versões 11 Pro equivalentes.


A TrendForce divulgou as especificações esperadas para os diferentes modelos, seguindo os rumores de que serão lançadas quatro versões: duas básicas (5,4 e 6,1 polegadas) e duas Pro (6,1 e 6,7 polegadas). Entre as diferenças listadas entre as linhas está o conjunto de câmera, com um sensor a mais e sistema duplo de estabilização de imagem nos modelos Pro, que devem contar ainda com mais memória RAM e armazenamento interno.

Uma tecnologia que pode ficar de fora dos modelos básicos da linha iPhone 12 é o suporte às frequências milimétricas do 5G (também conhecidas como mmWave). Apesar de oferecerem mais velocidade de conexão, o alcance das antenas é limitado e a cobertura deve ser restrita a pequenas regiões em áreas urbanas. No celular, a compatibilidade com o mmWave requer antenas específicas, o que aumenta o custo de fabricação do aparelho.

O relatório da consultoria não comentou sobre o uso de telas com taxa de atualização de 120 Hz na linha Pro, identificadas como uma possível causa de atraso da chegada dessa versão. Por outro lado, a data de lançamento dos quatro modelos é incluída no relatório, com todos previstos para outubro.

Preços estimados para a linha iPhone 12*
 
  • iPhone 12 5,4 polegadas — US$ 699 a 749 (entre R$ 3.900 e 4.170)
  • iPhone 12 6,1 polegadas — US$ 799 a 849 (R$ 4.450 a 4.730)
  • iPhone 12 Pro 6,1 polegadas — US$ 1.049 a 1.099 (R$ 5.845 a 6.120)
  •  iPhone 12 Pro Max 6,7 polegadas — US$ 1.149 a 1.199 (R$ 6.400 a 6.680)

*Nos Estados Unidos, segundo a TrendForce

Preços de lançamento do iPhone 11
 
  •  iPhone 11 — US$ 700 (cerca de R$ 3.900, na data de lançamento R$ 2.860)
  •  iPhone 11 Pro — US$ 999 (R$ 5.565, na época R$ 4.080)
  •  iPhone 11 Pro Max — US$ 1.099 (R$ 6.125, na época R$ 4.490)

Fonte: TrendForce




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



TECNOLOGIA  |  27/10/2020 - 15h





TECNOLOGIA  |  27/10/2020 - 06h


TECNOLOGIA  |  26/10/2020 - 14h