GERAL

Retorno presencial das aulas no Paraná ainda não tem data, diz secretário de saúde Beto Preto



Nesta edição o destaque foi a fala do secretário de saúde Beto Preto em relação a fala que “Ainda não podemos voltar às aulas. Tenho percebido pelo Estado alguns movimentos de instituições querendo este retorno presencialmente. Voltamos a defender que não há possibilidade. Os números ainda são altos”.

57 novos casos e mais três mortes:

O boletim sobre coronavírus deste domingo, 30, registou 57 novos casos de covid-19. A Secretaria de Saúde também confirmou três óbitos. Agora, são 99 mortes em Maringá em decorrência da doença. Segundo a secretaria, as vítimas têm os seguintes perfis:é uma Mulher, 93 anos, sintomática e faleceu dia 29/08/2020. Outrois dois são um homem, 75 anos, sintomático e faleceu dia 30/08/2020, e um Homem, 70 anos, sintomático e faleceu no dia 29/08/2020. Todas as três mortes as pessoas tinham comorbidades.

São 5.943 casos confirmados até agora com 67 pacientes internados (29 em UTI e 38 em enfermaria), 867 pessoas em isolamento domiciliar, 4.910 casos já encerrados.

“Ainda não podemos voltar às aulas”:

A Sesa (Secretaria de Estado da Saúde) não validou o retorno às aulas presenciais no Paraná. Em nota, nesta sexta-feira (28), a pasta ponderou que as atividades só devem voltar quando houver uma redução efetiva dos números da Covid-19.

“Ainda não podemos voltar às aulas. Tenho percebido pelo Estado alguns movimentos de instituições querendo este retorno presencialmente. Voltamos a defender que não há possibilidade. Os números ainda são altos”, afirmou o secretário Beto Preto.

De acordo com a Sesa, apesar do indicativo da estabilização de casos e mortes por Covid-19 no Paraná, os números ainda são muito altos.

Assista à edição completa: 






COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM