GERAL

Homem morre em explosão durante churrasco com amigos em SP
Vítima estava com amigos e familiares para comemorar compra de casa em praia de Mongaguá, no litoral paulista, quando acidente aconteceu.



Um assistente técnico de 36 anos morreu após sofrer queimaduras, durante uma explosão, ao tentar acender uma fogueira em Mongaguá, no litoral de São Paulo. A vítima ficou internada por 20 dias, mas não resistiu aos ferimentos, segundo a Polícia Civil informou ao G1 nesta terça-feira (1º).

De acordo com a irmã do assistente técnico, Edelson de Morais, a assistente administrativa Andreza Jesus de Morais, de 35 anos, o caso aconteceu durante um churrasco, em uma casa no bairro Jardim Columbia. O rapaz tentava acender uma fogueira com um galão de etanol quando houve uma explosão, resultando em queimaduras graves pelo seu corpo.

Em entrevista ao G1, a irmã da vítima relatou que não estava no local na data do ocorrido, mas que foi informada do acidente pelos familiares pouco depois que tudo ocorreu.

Um assistente técnico de 36 anos morreu após sofrer queimaduras, durante uma explosão, ao tentar acender uma fogueira em Mongaguá, no litoral de São Paulo. A vítima ficou internada por 20 dias, mas não resistiu aos ferimentos, segundo a Polícia Civil informou ao G1 nesta terça-feira (1º).

De acordo com a irmã do assistente técnico, Edelson de Morais, a assistente administrativa Andreza Jesus de Morais, de 35 anos, o caso aconteceu durante um churrasco, em uma casa no bairro Jardim Columbia. O rapaz tentava acender uma fogueira com um galão de etanol quando houve uma explosão, resultando em queimaduras graves pelo seu corpo.

Em entrevista ao G1, a irmã da vítima relatou que não estava no local na data do ocorrido, mas que foi informada do acidente pelos familiares pouco depois que tudo ocorreu.

 




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM