GERAL

Atropelado e agredido por Maurício Mattar, motoboy pede confisco de passaporte e CNH do ator



Maurício Mattar pode ter sérios problemas após ter se envolvido em um acidente de trânsito há 20 anos. Segundo a coluna de Ricardo Feltrin, do UOL, o advogado de Rodrigo Mattos, ex-motoboy que foi atropelado e agredido pelo ator, está se recusando a desistir da ação.

Ainda de acordo com Feltrin, Aldo Assis (advogado) irá pedir o confisco do passaporte, da carteira de habilitação (CNH) e de eventuais cartões de crédito que Mattar esteja usando.

Esta será a última tentativa que Assis fará para tentar forçar o artista a indenizar seu cliente.

Relembre o caso:

No ano de 1999, Maurício Mattar e Rodrigo Matos se envolveram em um acidente num cruzamento com a avenida Juscelino Kubitschek, em São Paulo. Maurício estava em um carro e acabou atropelando Matos. Muito descontrolado, segundo testemunhas que presenciaram o ocorrido, o ator ainda partiu para a agressão contra o motoboy.

Em depoimento na delegacia, Rodrigo disse que levou chutes e um murro no pescoço quando ainda estava no chão.

Ele sofreu vários problemas físicos e psicológicos após o incidente e chegou a fazer tratamento. Foi então que decidiu processar o ator e exigir reparação.

Hoje em dia Rodrigo Matos, de 45 anos, está desempregado.





COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM