GERAL

Vaticano confirma 1º caso de coronavírus em alto escalão da Cúria
Infectado é o cardeal filipino Luis Antonio Tagle



O Vaticano confirmou nesta sexta-feira (11) o primeiro caso do novo coronavírus no alto escalão da Cúria Romana.

Trata-se do cardeal filipino Luis Antonio Tagle, 63 anos, prefeito da Congregação para a Evangelização dos Povos e presidente da Caritas Internationalis, organização humanitária da Igreja Católica.

Em declaração à ANSA, o porta-voz da Santa Sé, Matteo Bruni, disse que Tagle testou positivo em um exame molecular para o Sars-CoV-2 na última quinta (10), após chegar a Manila, capital das Filipinas.

"Sua Eminência não apresenta sintomas e ficará em isolamento nas Filipinas", disse Bruni. O Vaticano está agora fazendo "verificações necessárias" entre os que tiveram contato com o cardeal nos últimos dias.

"Em 7 de setembro, o cardeal Tagle havia sido submetido a uma exame em Roma, com resultado negativo", acrescentou o porta-voz vaticano.  

 




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM