GERAL

Novo estudo alerta para degelo de glaciais



O nível dos mares pode subir cerca de 45 centímetros entre agora e o final do século devido ao derretimento das calotas polares devido ao aquecimento global, alerta um novo estudo publicado nesta quinta-feira.

Cientistas de cerca de 40 institutos internacionais especializados modelaram cenários de emissão de gases de efeito estufa do Giec, grupo de especialistas em clima da ONU, para este estudo, tema de uma série de publicações na revista Cryosphère.

No primeiro cenário, a continuação regular do aumento das emissões de gases de efeito estufa e o degelo das geleiras na Antártica elevaria o nível do mar em até 30 centímetros, e o da Groenlândia em mais 9 centímetros.

Em um cenário de fortes reduções de emissões, o derretimento da calota da Groenlândia poderia, entretanto, adicionar três centímetros adicionais ao nível do mar.

As modelagens na Antártica, sujeitas a mais pressões externas, dão resultados diferentes no segundo cenário, incluindo um crescimento de geleiras que baixaria o nível do mar em cerca de 8 centímetros.

No início de setembro, um estudo publicado na revista “Nature Climate Change” já havia concluído em uma possível elevação dos mares de 40 centímetros até 2100, um cenário catastrófico que colocaria em risco centenas de milhões de habitantes das zonas costeiras.

Em setembro de 2019, um relatório especial do Giec estimou que mais de um bilhão de pessoas viveriam até a metade do século em áreas costeiras baixas e muito vulneráveis.

Questionado sobre as variações importantes entre os cenários, Anders Levermann, pesquisador do Instituto Potsdam de Pesquisa de Impacto Climático (PIK) e um dos autores do estudo, considerou que “a incerteza não deve ser um motivo para esperar, mas que requer ação urgente”.

“Sabemos que algo vai acontecer, mas não sabemos até que ponto será sério”, alertou.

Em fevereiro, estudo que sintetizou modelagem realizado em 27 institutos internacionais e coordenado pelo PIK, havia considerado que somente o degelo na Antártica poderia causar uma elevação do nível dos oceanos de até 58 centímetros até o final do século, se o O ritmo global de emissões permanece inalterado.

As calotas polares da Antártica e da Groenlândia contêm gelo suficiente para elevar o nível da água em 65 metros, caso derretam completamente.





COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM