ECONOMIA

Procon adverte Nubank e Mercado Pago após cadastros involuntários do PIX



O Nubank e o Mercado Pago, que faz parte do Mercado Livre, foram notificados pelo Procon de São Paulo após cadastros de clientes de forma indevida terem sido realizados no novo sistema de pagamentos PIX. As empresas vão prestar esclarecimentos sobre o ocorrido após denúncias terem sido relatadas pelos clientes, que alegam, ainda, dificuldade no cancelamento da chave.  

Na última semana, foi divulgada a lista com as instituições financeiras que mais tiveram cadastrados de chaves do PIX.

De acordo com o ranking do Banco Central, o Nubank apareceu em primeiro lugar com mais de 8 milhões de usuários cadastrados. Em seguida, o Mercado Pago, com 4,7 milhões, e o PagSeguro, com 4,3 milhões. 

Ranking de chaves por instituições

Ao todo, foram computados mais de 33,7 milhões de cadastros. Confira a lista completa a seguir. 

Nubank – 8 086 037
Mercado Pago – 4 731 115
PagSeguro – 4 317 725
Bradesco – 3 710 035
Caixa – 2 499 903
Banco do Brasil – 2 147 744
Itaú Unibanco – 1 756 684
Santander – 1 637 709
PicPay – 1 135 336
Inter – 889 588
Original – 523 850
C6 – 335 738

Questionamentos do Procon-SP

A partir das denúncias realizadas pelos clientes do Nubank e do Mercado Pago, o Procon solicitou alguns esclarecimentos para as empresas. Confira: 

Como e por quais canais está sendo ofertado e disponibilizado o cadastro dos consumidores ao Pix;
Quais informações são prestadas antes da realização do cadastro;
Como se dá a confirmação ou anuência inequívoca dos consumidores;
Como o consumidor pode efetuar o cancelamento do cadastro;
Se verificaram a ocorrência de problema sistêmico que poderia ter dado causa ao cadastro indevido das chaves de segurança;
Quais providências têm sido adotadas para solução dos problemas relatados;
Quais os canais de atendimento disponibilizados ao consumidor para atendimento.

Para além da notificação realizada às instituições financeiras, a Febraban também recebeu um ofício do órgão para que “comunique aos bancos para que não efetuem o cadastramento da Chave Pix sem prévia, expressa e inequívoca autorização do cliente que é o consumidor, caso contrário poderão ser multados por prática abusiva”. 

Cadastro de chaves do PIX

O cadastro de chaves para a utilização do novo sistema de pagamentos do Banco Central teve início em 5 de outubro.

De lá para cá, muitas instituições já conseguiram conquistar os clientes, algumas delas estão realizando até sorteios para atrair o maior número possível de chaves. O PIX passa a funcionar a partir de 16 de novembro em todo o Brasil.




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM