GERAL

Instituto Água e Terra abre Processo Seletivo Simplificado com 93 vagas de nível técnico e superior na terça-feira (3/11)



O Instituto Água e Terra (IAT) vai abrir na terça-feira (3/11) 93 vagas para preenchimento por Processo Seletivo Simplificado (PSS). São 17 cargos de nível médio técnico e 76 para nível superior.

As inscrições podem ser feitas das 8 horas do dia 3 até as 23h59 do dia 17 de novembro por meio do site da Fundação FAPIPA (www.fundacaofafipa.org.br).

O Processo foi autorizado devido ao adiamento das provas presenciais do Concurso Público do órgão, previsto para o mês de maio de 2020. As provas foram adiadas, sem previsão de retorno, devido à pandemia.

O IAT é vinculado à Secretaria de Estado do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo (Sedest). De acordo com o diretor presidente do IAT, Everton Souza, os novos funcionários vão atender as demandas dos 21 Escritórios Regionais do IAT no Estado.

“Eles atuarão em ações de licenciamento, monitoramento, fiscalização e outorga pelo uso da água, que são grandes demandas da sociedade, especialmente do setor produtivo”, afirmou.

As vagas abertas são para técnico de manejo e meio ambiente (17); administrador (1); biólogo (8); engenheiro agrônomo (7); engenheiro cartógrafo (2); engenheiro civil (13); engenheiro florestal (13); engenheiro químico (13); engenheiro de pesca (2); geógrafo (3); geólogo (7); químico (4); e sociólogo (1).

Os salários variam de R$ 2.711,04, para os profissionais de nível técnico médio, a R$ 5.856,80, para os candidatos de nível superior, somando as gratificações. O contrato de trabalho é válido por 1 ano, prorrogável por mais um ano.

O Processo Seletivo oferece benefícios de isenção para candidatos cadastrados no Cadastro Único (CadÚnico), doadores de sangue e eleitores convocados e nomeados pela Justiça Eleitoral do Paraná.

O período para solicitar a isenção da taxa de inscrição é das 8h do dia 3 às 23h59 do dia 6 de novembro.

Os requisitos exigidos para isenção da taxa estão descritos no Edital IAT nº 01/2020, que pode ser consultado nos sites da Fundação Fafipa, do IAT (www.iat.pr.gov.br) e da Sedest (www.sedest.pr.gov.br).

A fim de evitar fraudes no pagamento da taxa de inscrição, o IAT alerta os candidatos a checar se os três primeiros números da linha digitável do boleto bancário iniciam com a numeração 341. A mesma atenção deve ser redobrada aos três últimos números, que condizem com o valor a ser pago.

Caso contrário, o candidato não deve realizar o pagamento e é orientado a entrar em contato com a Fundação Fapipa através do e-mail candidato@fundacaofafipa.org.br para receber orientações.

Dúvidas e problemas durante a inscrição podem ser sanadas pelo telefone (44) 3423-7278 ou pelo e-mail acima.

O IAT tem a missão de proteger, preservar, conservar, controlar e recuperar o patrimônio ambiental, buscando melhor qualidade de vida e o desenvolvimento sustentável com a participação da sociedade.

O secretário Márcio Nunes lembra que o IAT foi criado em 2019, quando incorporou em um único órgão três Institutos (IAP, ITCG e Águas Paraná). “Hoje, as ações de preservação e fiscalização partem de um único instituto, o IAT. Para suprir a demanda em todo o Estado, é necessário que tenhamos bons profissionais e capacidade de atendimento”, disse. “Na área ambiental, a reforma garante maior celeridade aos processos, eficácia e economia ao Estado”.

A junção dos institutos faz parte da reforma administrativa promovida pelo Governo do Estado desde o início de 2019, que reduziu a estrutura do Estado, diminuiu o número de cargos e o custeio da máquina.

Último Concurso Público do IAT foi há mais de 30 anos

Para dar continuidade às diretrizes de proteção, preservação e gestão ambiental, de forma associada ao Plano de Governo vigente, a seleção imediata de novos profissionais se faz necessária. Já decorreram 30 anos desde a última contratação de efetivos e temporários.

Muitos servidores deixaram as funções pelos mais diversos motivos: aposentadorias, falecimentos, exonerações, demissões, realocações, ente outros.

A situação se agravou em virtude da pandemia da Covid-19, quando a Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou que o surto da doença constitui uma Emergência de Saúde Pública de Importância Internacional.

Isso levou à situação de teletrabalho os profissionais com mais de 60 anos, doenças crônicas e problemas respiratórios. Também foram dispensados todos os estagiários da Administração Direta, Autárquica e Fundacional do Estado do Paraná.

Por este motivo, o Concurso Público previsto para ser realizado pelo IAT neste ano (Edital SEAP nº 29/2020), foi adiado sem data prevista para ser realizado. O PSS, portanto, surge como uma alternativa para suprir a carência de profissionais.

Saiba mais sobre o trabalho da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo em: www.facebook.com/desenvolvimentosustentaveleturismo




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM