MARINGÁ

Laboratório de Maringá tem aumento de 9% nos casos positivos de Covid-19 entre os exames realizados



O laboratório São Camilo de Maringá divulgou dados sobre os testes de Covid-19 feitos entre os dias 2 e 16 de novembro.

De acordo com o laboratório, entre os testes realizados, houve um aumento de 9% no registro dos casos positivos. Esse aumento é um comparativo entre os períodos de 1 a 18 de outubro e 1 e 18 de novembro.PUBLICIDADEOs números do São Camilo consideram o teste RT-PCR, que detecta a presença do RNA (ácido ribonucleico), material genético, do vírus SARS-CoV-2 através da inserção de um tipo de cotonete no nariz e garganta. Apesar de indolor, alguns pacientes relatam incômodo na coleta do exame.  

Diferente do RT-PCR, que detecta o vírus em fase aguda da doença, o teste Antígeno coleta secreções nasais para identificar a presença de antígeno do vírus, ou seja, proteínas com capacidade imunogênica, que podem ser detectadas diretamente por alguns ensaios laboratoriais.

Além disso, o exame tem correlação de 89% com o RT-PCR, considerada a metodologia padrão-ouro para diagnóstico da doença.

Confira os números divulgados pela assessoria de imprensa do Grupo São Camilo. Os dados mostram o aumento da procura pelos testes a partir da segunda semana do mês de novembro em comparação à primeira semana do mês.


 




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM