GERAL

Jovem Pan recontrata Constantino 2 meses após demissão
Constantino foi demitido da Jovem Pan em novembro do ano passado, após comentário polêmico sobre o caso do estupro de Mari Ferrer



O colunista Rodrigo Constantino, famoso apoiador do presidente Jair Bolsonaro, acaba de recontratado pela Jovem Pan, dois meses após a demissão polêmica. Ele irá voltar à grade da rádio na próxima segunda-feira, no programa 'Pingos nos Is', substituindo Augusto Nunes e José Maria Trindade, que sairão de férias.

Constantino foi demitido da Jovem Pan em novembro do ano passado, após comentário polêmico sobre o caso do estupro de Mari Ferrer e questionando a acusação feita pela jovem. Na ocasião, o colunista disse que não denunciaria possíveis estupradores da sua filha, dependendo do que ela teria feito na noite. 

Após as reações, a Jovem Pan decidiu pelo desligamento de Constantino, que desabafou nas redes. "Vocês venceram uma batalha, parabéns! A pressão foi tão grande sobre a Jovem Pan, distorcendo claramente minha fala, que não resistiram. Não os culpo. É do jogo. Quem me conhece e quem viu de fato sabe que eu jamais faria apologia ao estupro! Mas desde já estou fora da Jovem Pan". Em seguida, o comentarista foi demitido também do Grupo Record, Rádio Guaíba e Correio do Povo. Mais recentemente, foi contratado pela RedeTV!.

A confirmação da recontratação foi feita pelo próprio colunista, que ainda ironizou seus muitos "jobs" após a polêmica. "Até que para um desempreGADO sigo mantendo alguns jobs: Jovem Pan, RedeTV, Gazeta do Povo, Notícias do Dia, Revista Oeste, Diário de SP, e ainda presidente do Conselho do Instituto Liberal, fora parceria com a LVM e minha live TudoConsta. O dia tinha que ter mais do que 24 horas", disse.

 




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM