ESPORTES

Sem punição, Ralf volta aos treinos do Corinthians
Ralf, seu irmão e seu pai estavam no veículo que atropelou um senhor de 68 anos, estatelou um ponto de ônibus e destruiu dois portões de uma casa até bater na garagem.

Ralf foi a principal novidade no treino de reapresentação do Corinthians, nesta segunda-feira, no CT Joaquim Grava, cerca de 12 horas após a derrota para o São Paulo, no Morumbi, em clássico válido pelo Campeonato Brasileiro.  O volante desfalcou o Timão no Majestoso.

A última participação de Ralf no Corinthians havia sido no treino de sexta-feira da semana passada. Foi naquela noite que o jogador se envolveu num acidente de carro na Zona Leste de São Paulo, no bairro da Água Rasa, e assim acabou liberado pelo clube tanto do treino de sábado quanto da concentração e do próprio jogo de domingo contra o São Paulo.

Ralf, seu irmão e seu pai estavam no veículo que atropelou um senhor de 68 anos, estatelou um ponto de ônibus e destruiu dois portões de uma casa até bater na garagem. O idoso fraturou o fêmur e um dedo indicador.


O volante prestou depoimento no sábado, já que a polícia investiga quem dirigia o automóvel no momento da batida. O caso foi registrado como lesão corporal culposa, embriaguez ao volante e fuga do local do acidente.

O entendimento do Corinthians é de que não cabe ao clube fazer juízo de valor pelo episódio de sexta à noite nem portanto aplicar qualquer tipo de punição, seja ela multa ou advertência.

Entre os jogadores considerados titulares de Fábio Carille atualmente, Ralf foi o único a treinar com bola nesta segunda-feira, justamente por não ter participado do Majestoso.

Sem novos compromissos previstos para os próximos dias relacionados à investigação sobre o acidente, o volante deve ser relacionado para o jogo da próxima quarta-feira, contra o Goiás, no Serra Dourada, e assim viajar com a delegação para Goiânia na noite de terça.





COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM