REGIÃO

Valor do IPTU dispara em Sarandi
O reajuste de quase 25% assustou os moradores do município


Foto: Divulgação/Prefeitura Municipal de Sarandi

Apesar da pandemia de Covid-19 ter debilitado a economia nacional, prejudicando financeiramente as classes média e baixa brasileira, moradores de Sarandi foram surpreendidos ao receberem os carnês do IPTU 2021: O valor do imposto subiu 24%, muito acima da inflação. Em comparação, o reajuste na cidade vizinha de Maringá foi de apenas 3,52% este ano, seguindo o Índice Nacional de Preços do Consumidor Amplo (IPCA-15).

Segundo o prefeito Walter Volpato (PSC), a razão do aumento se deve ao fato de que, pela lei municipal, o valor do IPTU em Sarandi deve sempre ser reajustado de acordo com o Índice Geral de Preços de Mercado (IGP-M). Economistas afirmam que a disparada do dólar no setor de commodities (como soja e minério de ferro) causou o aumento no acumulo anual; os preços de alugueis e cobranças baseados no índice também subiram em todo país.

Como o reajuste já era previsto em lei, não houve negociação prévia com a Câmara de Vereadores de Sarandi. Foram impressas mais de 50 mil guias de pagamento este ano, cujo a primeira parcela pode ser paga até o dia 12 de março; quem escolher pagar o total anual recebe 10% de desconto. 




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM