REGIÃO

Operação integrada apreende 140 produtos vencidos em supermercado de Sarandi

Três pessoas foram presas na tarde desta quinta-feira, 4, após uma ação do Procon, Vigilância Sanitária e Polícia Civil de Sarandi por permitirem a venda de produtos com o prazo de validade vencido. Ao todo, foram apreendidos 140 produtos – localizados no Supermercado Camilo – na avenida Maringá. De acordo com a polícia, os suspeitos cometeram crime contra o consumidor previsto na lei 8.1317/90.

A pena prevista é de dois a cinco anos e os autuados foram o represente legal da unidade e repositores. “Havia clara obrigação de substituição dos gêneros destinados ao consumo, alguns dos quais perecíveis e com grande capacidade de, se ingerido, ocasionar danos à saúde humana”, destacou o delegado Adriano Garcia.

Alguns produtos estavam vencidos há quase um ano. “Nesse caso, não é possível o arbitramento de fiança aos presos. Notou-se que, que em relação as grandes marcas, os funcionários delas é que são responsáveis pela retirada de circulação desses produtos, ou seja, os vencidos expostos à venda e cuja responsabilidade pra fiscalização e retirada das prateleiras e que lá permaneciam”, completou Garcia.

Os três funcionários permanecem presos. Além da punição criminal, o Procon de Sarandi e a Vigilância Sanitária aplicarão multas a empresa, porém, o estabelecimento não será interditado. O supermercado não se pronunciou sobre o fato. A reportagem tenta contato com a empresa. Reportagem em atualização.




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM