MARINGÁ

Maringá pode ter Casa da Mulher Brasileira, segundo Ulisses Maia



O Prefeito Ulisses Maia (PSD) anunciou em suas redes sociais, a intenção e possibilidade de Maringá receber recursos para construir uma unidade da Casa da Mulher Brasileira. Esse espaço é uma inovação no atendimento humanizado de mulheres e integra - em um mesmo espaço - diferentes serviços especializados.

Entre os atendimentos padrões da Casa da Mulher Brasileira, há uma série de ações contra a violência contra as mulheres: acolhimento e triagem, apoio psicossocial, delegacia, juizado especializado em violência doméstica e familiar, ministério público, serviço de promoção de autonomia econômica, entre tantos outros.

"Nossa equipe da Secretaria da Mulher já solicitou recursos e manifestou interesse na obra. O projeto contempla diferentes serviços especializados como a Delegacia da Mulher; Ministério Público, Defensoria Pública; casa abrigo, entre outros. Contamos com mais esse avanço", disse o prefeito em sua rede social

O chefe do executivo afirmou que essa será mais uma forma de combater a violência contra as mulheres, somando outras políticas públicas que já foram implantadas na cidade. Outros municípios já têm esse recurso de apoio às mulheres. O município, portanto, caso haja aceno do governo federal ou estadual, vai solicitar recursos para a obra.




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



MARINGÁ  |   19/04/2021 14h00





MARINGÁ  |   19/04/2021 08h19