MARINGÁ

Setor de eventos faz ‘Caminhada pela reparação’



Trabalhadores do setor de eventos realizaram um protesto hoje no paço municipal, intitulada “Caminhada pela reparação”. O grupo foi recebido no Auditório Hélio Moreira pelo vice-prefeito Edson Scabora e secretários para discutir a situação do setor, por conta da pandemia.

O grupo, que reuniu ainda pessoal de bares e restaurantes, reclama do fechamento de 40 estabelecimentos por causa das restrições por conta da pandemia. Uma das faixas criticava municípios vizinhos que “se utilizam de nossas UTIs” e se mantêm abertas. Hoje entra em vigor o novo decreto com medidas contra a pandemia, que inclui toque de recolher entre 21h e 5h. Maringá, que está na matriz de alto risco (cor laranja) corre o risco de passar para a cor vermelha, por causa da taxa de ocupação dos leitos.




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



MARINGÁ  |   16/04/2021 18h35





MARINGÁ  |   16/04/2021 08h14


MARINGÁ  |   16/04/2021 08h12