MARINGÁ

Santa Casa diz que está no limite e pede que as pessoas só procurem atendimento em casos de emergência



O Hospital Santa Casa de Maringá publicou, no fim da tarde desta quarta-feira, 24, uma nota alarmante e que reflete a gravidade da pandemia do coronavírus. A nota indica que o Pronto Atendimento do hospital está operando no limite e pede que as pessoas que não apresentarem sintomas graves não procurem o local. O hospital é uma das unidades de referência para atendimentos a pacientes com Covid em Maringá e região.
Segue abaixo a nota na íntegra.

“Em virtude do aumento expressivo dos casos de Covid-19 registrados nos últimos dias, nosso Pronto Atendimento está operando no limite de sua capacidade instalada e, apesar do grande empenho das nossas equipes, o tempo de espera para atendimento tem sido comprometido, e pedimos a compreensão de todos neste sentido. Pedimos também a colaboração de todos para que evitem vir ao Pronto Atendimento aqueles pacientes que não estejam com sintomas da Covid-19, salvo, claro, os casos de Urgência e Emergência. Neste momento, serão priorizados os casos mais graves, de acordo com a Classificação de Risco já adotada pela Santa Casa. Reforçamos para que todos intensifiquem os cuidados para o enfrentamento dessa pandemia, evitando aglomerações, fazendo uso de máscaras e higienizando sempre as mãos. O momento é crítico e exige de todos nós ações e comportamento de maior responsabilidade”, alerta a nota oficial do hospital.




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



MARINGÁ  |   16/04/2021 18h35





MARINGÁ  |   16/04/2021 08h14


MARINGÁ  |   16/04/2021 08h12