DIVERSÃO

BTS é alvo de comentários xenofóbicos feitos por DJ alemão e artistas saem em defesa do grupo



O DJ alemão Matthias Matuschik se envolveu em uma grande polêmica após ter feitos alguns comentários xenofóbicos contra o grupo de k-pop BTS. Matuschik apresentava um programa na rádio Bayern 3, na semana passada, quando comentou a versão que o septeto fez de "Fix You", do Coldplay, chamando-a de "blasfêmia".

O DJ, no entanto, não parou na opinião sobre a cover. Ele chegou a comparar o grupo ao "coronavírus", afirmando que "espera que haja uma vacina logo" para essa febre causada pela boyband no mundo.

"O BTS fez um MTV Unplugged - para uma banda pop, um acústico já é um paradoxo por si só - e agora esses pequenos idiotas estão se gabando de ter feito uma cover de 'Fix You' do Coldplay", disparou ele, acrescentando ainda que não tinha nada contra a Coreia do Sul e que não poderia ser considerado xenofóbico pois tinha um carro feito no país.

“Eu digo blasfêmia e sou ateu, mas isso é ultrajante. Eles deveriam tirar férias na Coreia do Norte nos próximos 20 anos por causa disso", continuou o DJ.

As falas de Matthias Matuschik não só gerou revolta entre os fãs do grupo sul-coreano, como também entre artistas que já colaboraram com o BTS e que criticaram duramente as palavras do DJ.

"Estou horrorizada por ler os comentários feitos por Matthias Matuschik", postou Halsey, que colaborou com o grupo no hit "Boy With Luv".

"Racismo e xenofobia não podem ser encarados como 'humor ao vivo'. Declarações irresponsáveis e nojentas em uma época em que o discurso de ódio e o comportamento violento contra as comunidades asiáticas estão disparando. Isso é inaceitável. Espero que um pedido melhor de desculpas ao BTS e às comunidades asiáticas em todo o mundo esteja a caminho", continuou a cantora em seu Stories do Instagram.

"Estou com os meus irmãos do BTS e todos que continuam sendo afetados por comentários racistas tão dolorosos quanto o que ouvimos na Bayern 3. Ninguém deveria ter que suportar algo assim e juntos devemos nos erguer e impedir isso", escreveu Lauv.





COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM






DIVERSÃO  |   15/04/2021 05h05


DIVERSÃO  |   15/04/2021 04h10