POLÍTICA

Bolsonaro fala em vacinação e é alvo de panelaços pelo país
A fala do presidente foi recebida por panelaços e gritos contra o presidente em cidades pelo país, como São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta terça-feira, em pronunciamento em rede nacional, que o governo federal fará de 2021 o ano da vacinação dos brasileiros contra a Covid-19, no dia em que o Brasil registrou um novo recorde de mortes pela doença.

Em pouco mais de 3 minutos, o presidente, que já minimizou a efetividade da imunização e chegou a declarar que não iria se vacinar, defendeu que o governo vem tomando medidas de enfrentamento ao coronavírus e lembrou que em poucos meses o país estará produzindo suas doses contra a covid-19.

A fala do presidente foi recebida por panelaços e gritos contra o presidente em cidades pelo país, como São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília.

Nesta terça, o Brasil superou pela primeira vez desde o início da pandemia a marca sombria de 3 mil óbitos pela doença registrados em um único dia, com um recorde de 3.251 mortes notificadas no período de 24 horas, segundo dados do Ministério da Saúde.





COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



POLÍTICA  |   12/05/2021 04h10


POLÍTICA  |   08/05/2021 13h40