REGIÃO

Homem mata professora e comete suicídio em Mandaguari
O criminoso colidiu contra um caminhão após abandonar o cadáver próximo a uma rodovia; a suspeita é de crime passional


Foto: Reprodução/G1

Um assassino morreu numa batida com um caminhão logo após matar uma professora em Mandaguari/PR, o caso ocorreu madrugada de quinta-feira (15/05); o corpo da vítima foi encontrado pela Polícia Civil às margens da BR-376, na saída para Jandaia do Sul. A vítima foi identificada como Eliane Pedrina Henriques, de 40 anos; foram encontrados ao menos dois ferimentos de arma branca no cadáver.

Segundo os investigadores, o responsável pelo homicídio faleceu após bater o carro contra um caminhão na rodovia PR-546, entre Bom Sucesso e Itambé, a 30 km de onde o corpo da vítima foi deixado. O homem foi idenficado como Dalcir Bortolanza, de 65 anos, ele estava o volante de um Fiat Argo de cor prata; entre os destroços do veículo, agentes encontraram a bolsa de Eliane, e uma faca com manchas de sangue que provavelmente foi usada no crime. "Foram encontrados os documentos pessoais da vítima, e confirmado que o veículo se tratava da vítima. Os policiais procuraram no local se tinha outra pessoa além do motorista e não encontraram. Posteriormente, veio a notícia que foi encontrada uma jovem morta aqui nas proximidades", afirmou o delegado Zoroastro Nery, responsável pela investigação.

O acidente ocorreu por volta de 1h30 da manhã; o corpo da professora foi encontrado algum tempo depois, as 3h da manhã. A Polícia Civil disse que trabalha com a hipótese de que a professora tenha sido morta por motivo passional; tanto a vítima quanto o suspeito eram de famílias conhecidas na cidade, e estariam envolvidos num relacionamento as escondidas; também vão averiguar o acidente que matou o criminoso. O condutor do caminhão envolvido no acidente teve apenas ferimentos leves, ele declarou em entrevista que o motorista do carro jogou o automóvel contra o caminhão, indicando um ato de suicídio.





COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM