MARINGÁ

Prefeitura vai pagar auxílio emergencial a todos os profissionais de eventos inscritos em auxílio

O prefeito Ulisses Maia, decidiu no fim da tarde de ontem, 22, após reunião com secretários que vai enviar para a Câmara Municipal proposta de alteração na Lei do Auxílio Emergencial para profissionais de eventos. O objetivo é contemplar todos aqueles inscritos que comprovaram que preenchem os pré-requisitos para receber o benefício.Os técnicos da Secretaria de Trabalho e Renda vão reavaliar todos os cadastros dos 339 profissionais que fizeram o pedido e não ficaram entre os mil selecionados.

Os critérios para definição dos selecionados para receber o auxílio tem, entre outras, as seguintes condições: ter atuado social ou profissionalmente no setor de eventos nos 24 (vinte e quatro) meses imediatamente anteriores à publicação da lei; não ter emprego formal ativo, com registro de contrato vigente em Carteira de Trabalho e Previdência Social – CTPS; não ser titular de benefício previdenciário ou assistencial ou ser beneficiário do seguro-desemprego ou de programa de transferência de renda federal ou do auxílio emergencial Maringá, ressalvado o Programa Bolsa Família; não exercer, a qualquer título, cargo, emprego ou função pública em quaisquer das esferas de governo; ser residente no Município de Maringá; e ter idade igual ou maior de 18 anos.

O auxílio financeiro é de R$ 1 mil pra cada profissional, divididos em duas parcelas, em um total de R$ 1 milhão. A prefeitura divulgou nesta sexta-feira a lista dos 1.000 profissionais aptos a receber o auxílio. As duas parcelas de R$ 500 serão depositadas na conta bancária informada pelo titular durante a inscrição. A primeira parcela será paga do dia 23 a 30 de abril e a segunda parcela do dia 24 a 31 de maio.

Veja a lista completa e todos os detalhes do auxílio neste link.




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM